X

Djokovic coloca os Grand Slams como prioridade

Segunda, 10 de maio 2021 às 14:48:42 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Número 1 do mundo, Novak Djokovic concedeu entrevista coletiva nesta segunda-feira em Roma após seu treino com Andy Murray. Ele estreia nesta terça-feira em torno das 8h diante do americano Taylor Fritz.



Murray não atua desde o torneio de Roterdã, na Holanda, no começo de março, e deve voltar em Genebra ou Lyon: "Foi ótimo treinar com o Andy. Ele acertou a bola e se movimentou bem considerando que o saibro não é a melhor superfície para seus quadris e considerando tudo o que tem acontecido nos últimos tempos. Ele se sentiu confortável na quadra, ele mesmo diz isso. Além disso, tivemos uma boa conversa e rimos um pouco, o que nos lembrou dos bons velhos tempos", disse Djokovic que comentou sobre a chegada do grupo do NextGen.

"Os resultados provam isso. Tsitsipas, Zverev, Berrettini, Rublev, Medvedev, Thiem, todos eles estão jogando muito bem e estão nos vencendo. A mudança na classificação está se aproximando, é algo inevitável. Claro, não sei quando isso vai acontecer, se vai acontecer em um mês ou em um ano."

Djokovic não começou bem no saibro com queda nas oitavas em Monte Carlo e nas semis em Belgrado: "É um momento diferente daquele que vivi por tantos anos. Estou ansioso para dar o próximo passo em minha carreira e vida, onde vou passar mais tempo com minha família e apenas fazer outras coisas que me interessam. Tento jogar uma série de torneios específicos para me preparar melhor para os Grand Slams. Não joguei muito bem em Monte Carlo ou Belgrado, mas espero mudar em Roma e no segundo torneio de Belgrado. Estou melhorando meu preparo físico e aos poucos construindo meu jogo para atingir o pico em Paris, que é onde quero dar o meu melhor".

O tenista reforçou que o objetivo são os Slams onde possui 18 conquistas: "Não estou prestando muita atenção ao ranking atualmente depois de ter conseguido chegar ao número 1 histórico (semanas no topo). Esse era o meu objetivo, mas agora a minha prioridade é o meu jogo para os Grand Slams, que são os torneios em que me concentro mais nesta fase da minha carreira."

Nole ainda comentou sobre um documentário que está em produção sobre sua vida: "Ainda estamos filmando. A equipe de gravação estará em Belgrado para fazer algumas entrevistas com várias pessoas próximas à minha vida. O foco central do documentário é minha jornada ao número 1 histórico. Há um plano de apresentá-lo no US Open ou pouco antes do início desse torneio."

banner
banner
banner