X

Thiem: 'Foi um jogo épico. Já estava me acostumando com a derrota'

Sexta, 12 de fevereiro 2021 às 12:54:40 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Dominic Thiem está muito orgulhoso da virada histórica que conseguiu diante do australiano Nick Kyrgios, jogando com torcida contra, e com um rival "on fire" (inspirado em seu melhor nível). Thiem revelou que já estava aceitando a derrota.



Leia Mais:

Kyrgios: 'Não tenho vergonha de perder do campeão do Aberto dos EUA'

 

"Foi um jogo épico, por parte de nós dois. Num geral, foi daqueles desafios complicados do tênis: enfrentar Nick, inspirado, em sua quadra favorita, com um ambiente e torcida incríveis o apoiando. Estou muito orgulhoso de como enfrentei isso, e com certeza irá me ajudar a defrontar o que vier".

O austríaco credita ao fato de nunca ter enfrentado Kyrgios antes, sua performance "amarrada" no primeiro set. "Quando eu vi, estava com uma quebra de desvantagem e ele sacando maravilhosamente, muito difícil de ler. Quando você joga consistentemente naquele ritmo, você está sempre pressionado no seu próprio saque. No fim, você sabe que não irá quebrá-lo ou no máximo terá poucas chances disso. Jogar contra grandes sacadores é estar sob pressão. Estou feliz de ter conseguido".

Em quadra, após a partida, Thiem disse que já estava "se acostumando com a derrota" quando conseguiu a quebra, no primeiro game que teve chances, no terceiro game.

Questionado sobre como está enfrentando um Grand Slam sem a presença de seu treinador, o chileno Nicolas Massú que estou positivo para COVID-19 três dias antes da viagem para o início da quarentena na Austrália. "Nós estamos em contato, via telefone. meu pai está em contato com ele, que me manda grandes preparações para os jogos. Claro que eu adoraria tê-lo por aqui, mas não é possível.  O importante é que eu tenho uma boa equipe de apoio, que eu conheço desde sempre. Sei que posso fazer isso sem ele, agora, mas obviamente que a partir de Roland Garros eles possa estar comigo a cada Grand Slam".

banner
banner