X

Kyrgios: 'Não tenho vergonha de perder do campeão do US Open'

Sexta, 12 de fevereiro 2021 às 12:03:42 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após perder um jogo épico do austríaco Dominic Thiem em 4/6 4/6 6/3 6/4 6/4, o australiano Nick Kyrgios surgiu sereno na coletiva de imprensa e por mais de 10 minutos refletiu sobre o grande tênis apresentado por ele e o rival, bem como o futuro.



"O ambiente em quadra estava incrível. Não sei se também com a proximidade do lockdown, hoje foi especial. Estou super orgulhoso de mim mesmo, atleticamente falando a forma como joguei, o nível que apresentei contra um dos melhores do mundo. Estou muito orgulhoso. Afinal ele é um grande atleta e eu consegui o enfrentar de frente. Estou muito orgulhoso do trabalho que fiz esse tempo todo para estar aqui", resumiu.

Kyrgios concordou com a jornalista que analisou "o nível de Thiem subiu na partida, não foi você quem decaiu" e o pediu para comentar o jogo: "Se eu converto aquelas chances de quebra no início do terceiro set, mais uns 40 minutos e o jogo estava ganho. Mas eu não aproveitei e ele seguiu firme, conseguiu se impor e foi melhorando, vencendo firme seus games de saque. Cara, ele não é o número 3 do mundo e campeão de um Grand Slam à toa. Eu estava lá, sei que poderia ter ganho esse jogo, mas ele é incrível".

O australiano foi questionado se achava a ausência da torcida afetaria favoritos como Novak Djokovic. "Não. Ele está acostumado a frequentar os maiores estádios do mundo, nem sempre como favorito. Pelo que conheço dele, não é um cara que mantenha pensamentos negativos durante jogos, sempre firme e o mesmo se aplica à torcida".

Kyrgios confessou aos jornalistas que não sabe o que deve fazer nas próximas semanas em termos de programação. "Com essa coisa da COVID, não tenho certeza se quero correr o risco de competir por aí. Eu não tenho certeza de nada, mas isso de ir para um lugar, cumprir semana de quarentena e depois jogar, e então outra vez, eu não sei se quero isso", confessou ele que está focado no jogo de duplas: "Amanhã eu vou tentar me divertir com o Thanasi (Kokkinakis seu melhor amigo e parceiro) em quadra e só sei sobre isso".

Perguntado se conseguiu afastar os 'pensamentos negativos' que o atrapalhavam em quadra, respondeu: "Eu não tenho vergonha nenhuma de perder em cinco sets de um finalista do Australian Open, que é campeão do US Open. Há boas pessoas à minha volta. Meu melhor amigo estava lá, após perder um jogo duro. Minha namorada veio me assistir. Eu sou um cara de sorte. Não estou desapontado de perder. Não estou triste. Manhã venho para as duplas e sei que se eu seguir jogando assim, os resultados vão aparecer".

banner
banner