X

Dedicado à academia Rafa Nadal, este é o último ano de Toni com o sobrinho

Sábado, 11 de fevereiro 2017 às 14:36:02 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A notícia do sábado é a de que 2017 seria o último ano de Toni Nadal, tio e treinador desde a infância, de Rafael Nadal ao lado do sobrinho no circuito profissional. Toni se dedicará a formação de jogadores.



A informação saiu com exclusividade no site italiano Il Tennis Italiano, após a publicação de uma entrevista concedida pelo treinador em Budapeste, na Romênia, onde está sendo realizado o congresso mundial da Professional Tennis Coaching Association (Associação dos Treinadores de Tênis).

Ao correspondente Lorenzo Cazzaniga, Toni teria dito: "No próximo ano não seguirei com Rafael no circuito, mas me dedicarei exclusivamente a nossa academia. Quero me ocupar da formação de jovens talentos, o momento mais delicado da formação de um atleta. Minha relação com meu sobrinho é sempre ótima, em todos estes anos nunca experimentamos sequer um período de crise. Até seus 17 anos eu dedicida tudo depois chegou Carlos Costa como agente, ele se aproximou do pai, cada um com suas opiniões. A verdade é que a cada ano fui sempre opinando menos até o momento em que não decidi nada. Viajei com Rafa por tantos anos, agora quero voltar a me ocupar da formação dos jovens e nossa academia é o lugar perfeito".
Não fica claro na reportagem, mas Toni não deu tal declaração em nenhuma das perguntas publicadas e sim em uma aspa destacada pelo repórter.

 

No meio da entrevista, Toni fala de jovens do circuito e critica a formação destas novas gerações: "Zverev pode ir muito longe, mas suas dificuldades apontam para outros aspectos de treinos, a descobrir o que é, mas tem se agravado nos últimos tempos. É por isto que os jovens têm lutado para se estabelecerem. Quando chegamos ao circuito, os mais fortes eram (Roger) Federer, (Guillermo) Coria, (David) Nalbandian, (Andy) Roddick, (Juan Carlos) Ferrero, (Marat) Safin, todos jogadores entre 21 e 24 anos. Agora, todos os melhores estão próximos dos 30 anos. O que significa isso? Que a formação dos jovens foi danificado e isto não lhes ajuda e chegar ao topo rapidamente".

Para confirmar a informação se Toni deixará a equipe de Rafa ou apenas não viajará mais com o sobrinho, o Tênis News tentou e segue tentando contato com o próprio Toni Nadal.
Para conferir a entrevista na íntegra e em italiano: clique aqui.

banner
banner