X

FFT vence batalha judicial e tem reforma de Roland Garros aprovada

Sexta, 03 de fevereiro 2017 às 10:49:14 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Acabou a batalha judicial travada entre a Federação Francesa de Tênis (FFT) e diferentes associações da sociedade civil parisiense na justiça francesa em prol da reforma do complexo de Roland Garros visando sua ampliação.



O tradicional segundo Grand Slam do calendário do tênis é o mais 'atrasado' no quesito modernidade para com seus pares (Australian Open, Wimbleon e US Open) e segue até hoje sem uma ampliação para recebimento do público em seu clube construção de quadras para treino e mesmo colocação de teto retrátil para suas principais quadras para que jogos sejam realizados mesmo em dia de chuva.

Com um projeto de reforma em mãos desde 2012, a FFT tem tido todo o tipo de problema para a execução das obras, que inclusive foram embargadas mais de uma vez. Entretanto, nesta quinta-feira, dia 2 de fevereiro, a FFT celebrou seu 'Game, Set and Match' (vitória) na última instância da justiça local que se pronunciou contra os 50 motivos de ilegalidade para a reforma do complexo apontados por diferentes processos da sociedade civil, apontada pela equipe de comunicação da FFT como 'manifestantes'.

Em comunicado à imprensa, a FFT destaca os trabalhos de melhorias e desenvolvimento a serem entregues nas próximas edições:

  • Em 2018: As novas quadras 7 e 9 serão entregues, assim como uma nova quadra será construída na área do complexo chamada 'Fond des Princes' e um novo prédio administrativo na área 'Meullieres.
  • 2019: Será inaugurada a área Court des Serres (parte da ampliação do espaço do clube), encaminhada a reforma da Philippe Chatrier e finalização da área 'Fond des Princes';
  • 2020: "Espectadores, jogadores, meios de comunicação e parceiros poderão desfrutar do esplendor total dos novos terrenos destacando o patrimônio e a elegância deste tradicional torneio", destaca o comunicado.
banner
banner