X

Pliskova desiste de Praga por estranha infecção: 'Sinto dores há um mês'

Segunda, 29 de abril 2019 às 11:31:14 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A ex-número 1 do mundo e atual quinta, a tcheca Karolina Pliskova, acabou por frustrar os compatriotas ao se ver obrigada a desistir da disputa do WTA de Praga, na República Tcheca, em razão de uma infecção viral com a qual tem lutado desde Miami.



A tcheca, que passou por duas semanas de tratamentos com antibióticos, havia afirmado durante a disputa do WTA de Stuttgart, onde caiu na estreia para a bielorrussa Victoria Azarenka, que ainda nãos e sentia 100% e mal havia treinado no saibro.

Em Praga, a tenista contou que vinha buscando se sacrificar como fez em Stuttgart para jogar, porém foi orientada por sua equipe médica a não disputar o torneio. "Eu tenho sentido dores o mês todo. Não tenho conseguido treinar e quase desisti da disputa em Stuttgart, agora os médicos não querem que eu jogue", revelou Pliskova.

A equipe de comunicação da atleta divulgou uma nota para explicar o abandono e trouxe palavras da treinadora da atleta, a espanhola Conchita Martinez, que revelou surpresa ao ver que Pliskova decidiu jogar: "Eu fiquei orgulhosa quando a vi em quadra. Ela adquiriu um problema durante a disputa da Fed Cup em Ostrava (Rep. Tcheca) e isso se agravou em Miami", revelou.

"Agora ela passará por um tratamento completo em Praga. É essencial que seja 100% saudável, e só então poderemos nos concentrar no treinamento adicional na temporada de saibro. O objetivo principal é estar em Roland Garros em boa forma. Espero que, após mais exames, possamos voltar a treinar novamente. Mas a saúde de Karolina está em primeiro lugar", completou a treinadora.

O marido e agente de Karolina Pliskova, Michal Hrdlička, contou que a esposa não quer que seu problema de saúde seja exposto, mas ela se tratará com um especialista em Praga.

banner
banner