X

Rusedski diz que Federer pode ultrapassar Connors, mas não vencerá Roland Garros

Segunda, 01 de abril 2019 às 14:22:36 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em fala ao programa de esportes do Amazon Prime britânico e em falas recorridas pelo site do jornal local Metro, o ex-top 4 Greg Rusedski, comentou que nem o próprio Federer acredita que pode vencer Roland Garros, mas o vê ultrapassando Connors.

 



"Nas últimas três semanas, ele foi o melhor jogador do planeta", começou sua fala ao Amazon Prime do Reino Unido. "Porém nós não definimos alguém baseado em três semanas, o definimos baseado em todos o ano e em suas carreiras", destacou.

"A queda precoce de [Novak] Djokovic (em Miami), deu a ele um pouco mais de inspiração porque ele estava pensando: 'Será que eu posso liderar, estou liderando a corrida [ao ATP Finals] por alguns pontos por agora e eu sei que na temporada de saibro [Rafaeç] Nadal, Djokovic, todos esses caras, farão muitos pontos", contestou o ex-top 4.

 

"[Federer] está procurando por jogos antes de Wimbledon. Eu não acho que ele realmente pense que pode ganhar Roland Garros, sejamos honestos. Ele acha que é de Rafa ou Novak ou algum outro cara que vencerá em Paris", seguiu

Para Greg Rusedski nao há dúvidas de que Federer está em fora e jogando livre de lesões: "Se ele permanecer saudável, ago que será um ano de tranquilidade. Hoje [a final em Miami] foi um grande teste e ele fez tudo muito bem principalmente no primeiro set e metade do segundo. Se ele ficar saudável passará os 109 títulos", em referência a marca do norte-americano Jimmy Connors, que é o maior vencedor de títulos em nível ATP da história.

"Ele é o número quatro e diz que não liga para o Número 1, mas ele segue vencendo. Ele é o único cara que venceu dois títulos este ano. Aos 37 anos de idade ele tem levado este ano melhor que muitos em sua carreira no circuito. Enquanto ele puder seguir jogando, por favor, siga fazendo isso", pediu. 

 

banner
banner