X

Ferrer reconhece momento ruim: ‘Me dói mas sei que posso mudar’

Sábado, 18 de fevereiro 2017 às 16:09:14 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Marden Diller - O espanhol David Ferrer faz sua quarta participação no Rio Open. Em coletiva na tarde deste sábado, o número 27 do mundo e campeão da edição 2015 do torneio conversou com a imprensa sobre a adaptação às condições do torneio, que segundo ele, são muito parecidas com as de Buenos Aires.



“Estou contente por poder voltar e tentar melhorar meu tênis. Não apresentei o nível que gostaria, mas espero estar melhor nesta semana”, comentou Ferrer. “O clima é parecido, as temperaturas não são tão diferentes, faz tanto calor quanto em Buenos Aires, então espero me adaptar bem e estar melhor fisicamente do que estive na última semana”.


Aos 34 anos de idade, Ferrer tem consciência de não ser mais um jovem e sabe que sua jornada nas quadras cada dia mais se aproxima do fim. No entanto, ele descarta a aposentadoria por enquanto e garante que ainda nem pensou nisso.


“Ainda não pensei nisso, para ser sincero”, disse. “Aceito essa queda de rendimento, embora não me sinta bem. Me dói, é difícil quando começo a perder mais que o habitual, não estou acostumado mas sigo jogando com a confiança de que possa ganhar mais. Tudo depende de como eu me sinta em quadra. Enquanto me sentir competitivo sei que tenho como mudar a situação. É algo novo para mim, me dói, não desfruto dessa sensação mas sei que posso mudar com trabalho e com o tempo”.

 

banner
banner