X

Djokovic coloca em dúvida participação no Australian Open

Segunda, 18 de outubro 2021 às 16:18:44 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Número 1 do mundo, Novak Djokovic colocou em dúvida sua participação no Australian Open em janeiro do próximo ano. As restrições que devem ser impostas diante da pandemia são os motivos da possível não ida do sérvio.



Djokovic não quis revelar sobre a questão da vacina, mas o torneio vem informando aos atletas que seria melhor eles se imunizarem contra o COVID-19. Ele deu entrevista ao jornal alemão Bild.

"Teremos muitas restrições. Estão tratando que este ano as condições sejam melhores. O problema é que você viaja de avião com uma pessoa positiva, esteja ela vacinada ou não, e deve passar 14 dias em seu quarto de hotel. Isso que aconteceu com 70 jogadores este ano. Gostaria que todos os jogadores se unissem um pouco mais e se implicassem na tomada de decisões. Sinto que não é perguntado nada a nós em absoluto. A verdade, não sei se vou jogar o Aberto da Austrália. A situação não é nada boa", ameaçou Djokovic, maior campeão do torneio com nove conquistas.

"O que ocorreu este ano não foi uma boa experiência. Passar tanto tempo no quarto e logo ter que jogar partidas de cinco sets. Semantiverem essas decisões creio que muitos jogadores vão pensar se vão ou não".

"Ainda não decidi se jogarei em Melbourne. Há muita especulação. A imprensa especula muito. Existe muita divisão na sociedade entre os que se vacinaram e os que não. Que se julgue alguém se quer decidir se se vacina ou não...me faz ficar decepcionado com a sociedade. Não revelarei se estou vacinado ou não. É um assunto privado. Digam o que digam, os meios de comunicação propagarão o medo entre as pessoas. Não quero participar dessa guerra. Quero ir para a Austrália, mas não sei se irei. Só isso".

Djokovic voltou aos treinos essa semana e definiu que jogará em Paris, o ATP Finals e a Copa Davis: "Comecei a treinar hoje. tinha passado muito tempo desde a última vez que toquei em uma raquete. Sim estive treinando minha parte física, mas hoje que voltei a bater bola". A última vez foi em 12 de setembro na final no US Open

 

 

banner
banner