X

Copa Feminina de Tênis, em Piracicaba, marca a volta de ITF ao Brasil

Sexta, 08 de outubro 2021 às 10:12:33 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O tênis feminino internacional estará de volta ao Brasil na próxima semana, em evento chancelado pela Federação Internacional de Tênis (ITF) e que terá premiação de US$ 15 mil. A Copa Feminina de Tênis acontecerá em Piracicaba e será a primeira disputa da categoria no país em mais de um ano e meio.



O torneio faz parte da gira de cinco eventos que contam com o patrocínio do Santander Brasil por meio da Lei Federal de Incentivo ao Esporte da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania.

Em março de 2020, a pandemia de covid-19 interrompeu o circuito mundial justamente na semana em que o Brasil recebia um ITF W25, na cidade de Olímpia. Desde então, o país não sediou nenhum torneio feminino chancelado pela ITF.

“A pandemia forçou uma pausa no desenvolvimento dos tenistas, tanto pelo período de interrupção completa quanto pela limitação das viagens na retomada. Nesse sentido, realizar eventos internacionais no Brasil é muito significativo para nós. Torneios assim servem como porta de entrada para o circuito profissional e, agora, também para a recuperação de jogadoras brasileiras, que podem jogar em casa e medir forças com estrangeiras”, destaca Nelson Aerts, presidente do Instituto Sports.

O W15 de Piracicaba acontecerá nas quadras de saibro do Clube Cristóvão Colombo. A disputa tem largada na próxima segunda-feira, com o qualifying, e a partir de terça-feira começam os jogos da chave principal. O público poderá acompanhar os jogos gratuitamente, em quantidade reduzida de espectadores e seguindo os protocolos das autoridades locais no combate ao novo coronavírus. A lista de inscritos e os wild cards da competição serão anunciados neste fim de semana.

A série do ITF World Tennis Tour em território nacional teve início na cidade de Recife, com a disputa masculina, em setembro. Depois de Piracicaba, o mês de novembro ainda verá os homens em ação na capital do país e as mulheres em Curitiba, além do tradicional ATP Challenger de Campinas, que conta com premiação de US$ 52 mil em sua 11ª edição.

banner
banner