X

Djokovic afirma que pediu para fazer quarentena em Melbourne e não permitiram

Quarta, 20 de janeiro 2021 às 09:28:25 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O número 1 do mundo, Nova Djokovic, decidiu se pronunciar publicamente a respeito das polêmicas envolvendo a quarentena do Australian Open, que inclui o fato de que ele e os principais atletas do circuito estão cumprindo o isolamento em diferentes condições.



Em uma longa postagem nas redes sociais, o sérvio tenta se defender das críticas recebidas por ter tentado interferir nas decisões da Tennis Australia a respeito da quarentena dos jogadores em Melbourne. Djokovic está em quarentena ao lado de outras estrelas do esporte como Rafael Nadal e Serena Williams na cidade de Adelaide, no sul do país, em condições diferente de conforto aos atletas autorizados a treinar em Melbourne e os 72 que estão proibidos de deixar seus quartos.

 

 

As críticas ao tenista falam das diferenças de privilégio e ele se defende: "Conquistei meus privilégios com muito trabalho, e por esta razão, é muito difícil pra mim estar como mero espectador sabendo como cada ajuda, gesto e boa palavra importaram pra mim quando eu era pequeno e insignificante na hierarquia do mundo. Consequentemente, usei da minha posição de privilégio para estar a serviço o máximo que posso quanto e onde é preciso".

Nole ainda comenta que nas trocas de e-mails com o diretor do Australian open, Craig Tiley, buscou apresentar sugestões de solução e comenta: "Foram algumas sugestões e ideias que eu reuni de outros jogadores do nosso grupo de conversa e sem a intenção de prejudicar, mas apenas de tentar ajudar. Eu estava ciente que as chances de que qualquer das sugestões fossem aceitas eram baixas, como meu pedido de quarentena com a minha equipe ser em Melbourne ao invés de Adelaide, o que foi negado anteriormente a nossa viagem, por causa das razões restritas do governo. Desde então, eu não posso estar com os outros jogadores em Melbourne, eu tentei estar disponível para o que precisassem".

O tenista ainda apontou o respeito e boa relação que sempre manteve com Craig Tiley e agradeceu ao governo australiano e seu povo por permitir que os torneios aconteçam.

Djokovic ainda fez questão de ressaltar: "As coisas na mídia foram crescendo e fazendo parecer que eu mesmo ou os outros atletas somos ingratos, fracos e egoístas por conta dos sentimentos desagradáveis da quarentena. Sinto muito por isso, porque sei o quão gratos muitos estão".

Confira a postagem em inglês:

banner
banner