X

Tenistas entram em quarentena total após positivo para COVID em 2 voos

Sábado, 16 de janeiro 2021 às 08:46:45 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Três testes positivo para COVID-19 na chegada no hotel em Melbourne, na Austrália, foi o suficiente para causar uma enorme confusão para a chave masculina e feminina do Australian Open. Dois voos tiveram infectados.



Leia Mais:

Técnico de Andreescu se desculpa 

Tenistas tentam FUGIR de hotel após isolamento forçado

Que protocolo é esse ?

 

Um membro de uma equipe, ainda não revelado (a), havia testado negativo na saída do torneio de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, só que testou positivo na chegada em Melbourne, em exame feito na sexta-feira no hotel. Só que a organização emitiu comunicado de que todos as 64 pessoas no avião, incluindo 23 jogadoras, serão obrigadas a ficarem em quarentena sem poder sair dos seus quartos nem para treinamento até que sejam liberados e não poderão treinar.

No masculino, outro voo vindo de Los Angeles teve dois infectados e colocaram em isolamento total 67 pessoas, sendo mais 24 tenistas.

No voo vindo de Abu Dhabi, as tenistas são Bianca Andreescu, Angelique Kerber, Svetlana Kuznetsova, Belinda Bencic, Maria Sakkari, Marta Kostyuk, Ons Jabeur, Victoria Azarenka, Dayana Yastremska (suspensa por doping), Sorana Cirstea, Guido Pella, Juan Ignacio Londero, Pablo Cuevas, Heather Watson, Paula Badosa, Elena Rybakina, Sloane Stephens, Alize Cornet, Lauren Davis, Alison Riske, Santiago Gonzalez e Kei Nishikori.

 

Na resolução do torneio, os atletas poderiam ter cinco horas fora do hotel para treinos, academia e tratamento no Albert Park, em frente ao hotel dos tenistas. 

Por sorte, a brasileira Luisa Stefani não veio nesses dois voo e poderá treinar a partir desta segunda ou terça-feira. Ainda não sabemos se houve tenistas brasileiros nessa quarentena total no outro voo infectado.

banner
banner