X

Djokovic se complica, detona raquete, mas avança em Roma e tenta 10ª final

Sábado, 19 de setembro 2020 às 11:52:19 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Número 1 do mundo, Novak Djokovic se complicou neste sábado, quebrou raquete, mas confirmou seu favoritismo para garantir vaga na semifinal do Masters 1000 de Roma, na Itália, evento no saibro com premiação de 3,8 milhões de euros.



Leia Mais:

Árbitro confunde Djokovic com Federer em Roma

Vivemos uma das melhores épocas do tênis, afirma Djokovic

 

Djokovic marcou 6/3 4/6 6/3 sobre o alemão Dominik Koepfer, 97º colocado e que passou o quali, após 2h10min de duração. Ele irá jogar sua 11ª semifinal no torneio.

Apesar do placar demonstrar um jogo teoricamente dominado, Nole teve problemas. Abriu 4 a 0 no primeiro set, permitiu que Koepfer devolvesse as duas quebras e o viu sacar para igualar em 4/4. Tornou a quebrar para fechar. No segundo o sérvio também teve quebra, viu Koepfer virar para 4/3, detonou uma raquete, dessa vez mantendo a compostura para não acertar nenhum juiz de linha. Após game longo no 4/4, o sérvio perdeu chances e Koepfer confirmou e aproveitou deslize de Nole para fechar o set por 6/4.

No terceiro, Nole perdeu chances no primeiro game, mas quebrou no terceiro, abriu 3/1 e apesar de games longos conseguiu fechar a partida com nova quebra no nono game.

Nole vai buscar neste domingo, já com público de até mil pessoas no Foro Itálico, vaga em sua décima final na capital italiana. Campeão de 2015, 2014, 2011 e 2008, ele tem vices ainda em 2019, 2017, 2016,2012 e 2009.

Seu rival será o novato em semis de Masters 1000, o norueguês Casper Ruud, 34º colocado, que precisou de 2h57min para eliminar Mateo Berrettini, oitavo colocado, por 4/6 6/3 7/6 (7/5).

O duelo será inédito no circuito.

 

banner
banner