X

É um privilégio ser Serena Williams, afirma americana

Domingo, 06 de setembro 2020 às 10:19:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após derrotar de virada a compatriota Sloane Stephens, 26ª favorita, por 2/6 6/2 6/2, Serena Williams, dona de 23 títulos de Grand Slam, seis deles no US Open, filosofou ao falar sobe si mesma em entrevista. Ela está nas oitavas de final.



Leia Mais:

Serena vira contra Stephens e tenta revanche

Grega mostra respeito: 'Serena é Serena'

 

"Honestamente, todos os torneios que participo são importantes pra mim,particularmente os Grand Slams. A verdade, sigo jogando por conta dos Slams, ao menos para me dar a oportunidade de vencê-los", disse a veterana de 38 anos que persegue o recorde dos 24 Slams da australiana Margaret Court.

"A chave do meu jogo passa sempre por tentar manter a calma, por estar mais serena possível. Sabua qye era importante seguir tentando, seguir adiante. No primeiro set perdi a maioria dos pontos, mas no segundo subi o percentual do primeiro serviço e isso me ajudou a fazer algumas coisas a mais".

 

 

Sobre a pressão que tem em suas costas, ela apontou: "Há dias mais difíceis que outros. Levar cada manhã o nome 'Serena' nas costas resulta em sair cada dia lá fora com o objetivo diferente, encarar novas coletivas de imprensa, aceitar o estresse. Mas bom, como disse Billie Jean King no seu momento, a pressão é um privilégio, assim que não queria de outra maneira. Trato de pensar que sou sortuda em estar nessa posição e honestamente ser Serena. Me sinto um pouco rara dizendo isso".

 

 

banner
banner