X

Wawrinka critica Gimelstob e pede posicionamento do Conselho

Terça, 30 de abril 2019 às 16:39:55 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O suíço Stan Wawrinka foi mais um jogador que utilizou as redes sociais para criticar a indicação do norte-americano Justin Gimelstob para ser o CEO da ATP a partir do início da temporada 2020 e ainda exigiu um posicionamento do Conselho dos Jogadores.



Gimelstob está no olho do furacão de uma polêmica judicial nos Estados Unidos, onde foi condenado por agressão e ameaça de morte a um amigo. A situação ocorreu no fim de 2018 e tem chamado a atenção, já que o norte-americano é quem tem o apoio do presidente do Conselho dos Jogadores da ATP, o atual número 1 do mundo Novak Djokovic para assumir o posto que atualmente pertence ao britânico Chris Kermode.

Wawrinka seguiu os passos do escocês Andy Murray, em entrevista recente ao jornal The Telegraph, e criticou a opção por Gimelstob: "Os jogadores precisam falar. Justin Gimelstob foi condenado por agressão violenta. É simples, não pode ser possível para qualquer um tolerar este tipo de comportamento e pior apoiá-lo. Em qualquer outro negócio ou esporte, não estaríamos discutindo isso", escreveu e prosseguiu: "O Conselho da ATP precisa fazer algo sobre isso e então finalmente finalizar essa conversa e período vergonhoso de nosso incrível esporte".




banner
banner