X

Pedretti animada com convocação para a Fed Cup

Quinta, 04 de abril 2019 às 18:25:49 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Das cinco convocadas pela capitã Roberta Burzagli para o confronto com a Eslováquia, pelos playoffs do Grupo Mundial da Fed Cup, chama a atenção o nome de Thaísa Pedretti. Com apenas 19 anos, a jovem tenista é a caçula da equipe e voltou a ser chamada pela seleção, mas desta vez tem a possibilidade de entrar em quadra - no Zonal Americano em fevereiro, ela compôs o grupo apenas para adquirir experiência.



“Fui convocada para ir à Colômbia e o espírito que tivemos foi sensacional, nunca tinha sentido algo semelhante na carreira. Agora estou mais feliz ainda, porque vou na condição de convocada, o que motiva a evoluir e a melhorar meu tênis. Independente de jogar, quero ajudar minhas companheiras e aproveitar cada momento na quadra com a equipe”, afirmou a tenista, que mora e treina em São Bernardo do Campo na Juninho Tennis.

Vista como expoente da nova geração, Pedretti já realizou a principal meta para 2019 e um dos sonhos da carreira. “Joguei o Sul-Americano pela seleção dos 12 aos 16 anos, quando cheguei a disputar o Mundial da categoria, mas ser chamada agora, no profissional, mostra que o trabalho está sendo recompensado, todo o esforço, depois de tudo que passei e sofri”, disse ela, que saltou 39 posições no último ranking da WTA - está no 719º lugar atualmente.

Thaísa Pedretti se juntará à seleção (que ainda tem Beatriz Haddad Maia, Carolina Meligeni Alves, Gabriela Ce e Luisa Stefani) para os inícios dos treinos visando a Fed Cup no dia 13. Os confrontos com a Eslováquia serão realizados em 20 e 21 de abril, em saibro coberto escolhido pelos europeus.

Carreira e evolução

No tênis desde os sete anos, Pedretti saiu de casa ainda adolescente. Morando sozinha, conquistou com apenas 14 anos o 1º ponto na WTA e depois acumulou conquistas em todas as categorias. Ficou nove temporadas no Instituto Tênis, onde desfrutou de estrutura de primeiro nível, importante para fazer a transição ao profissional. Nessa temporada, passou a ser treinada por Juninho Nascimento na academia Juninho Tennis, ao lado de sua casa. Na série de três torneios ITF no Brasil, com 25 mil dólares em premiação, fez a final de duplas no Pinheiros - a primeira desse nível na carreira - e chegou às oitavas em Campinas. Além da escalada no ranking de simples, subiu bem na lista de duplas, ocupando atualmente o 494º lugar.

banner
banner