X

Rogerinho admite: 'Tudo se resume em falta de confiança'

Terça, 28 de fevereiro 2017 às 15:12:20 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Ariane Ferreira - O número três do Brasil, Rogerio Dutra Silva, o Rogerinho, não conseguiu uma grande apresentação em casa e acumulou sua quarta derrota consecutiva na gira sul-americana, creditando-a a "falta de confiança".



Questionado sobre qual foi a chave de sua derrota, o paulistano opinou: "Acho que o resumo foi breakpoints. Eu tive muitos breakpoints e estava jogando melhor, me sentia melhor na partida, mas eu não conseguia concluir. Acontecia de tudo. E eu estava me colocando muito em dúvida, se subia, se definia... e se você se coloca muito em dúvida, é um problema".

Mesmo após abrir 3/0 no placar com duas quebras, Rogerinho acabou levando a virada e opinou sobre este momento:"Eu acabei me perdendo um pouco. O jogo estava sob controle pra mim, mas eu não conseguia concluir, o que seria isso que me daria confiança para deslanchar no jogo. Eu me sentia jogando bem, mas a cabeça deu uma embaralhada e não consegui voltar".

O resumo da derrota em São Paulo, que acompanha as derrotas nas primeiras rodadas em Quito (Equador), Buenos Aires (Argentina), onde venceu duas partidas pelo qualificatório, e Rio de Janeiro: "Tudo se resume em falta de confiança para finalizar neste momentos importantes".
O paulistano está focado em conseguir um bom resultados em duplas ao lado de André Sá: "Acho que sim, nós jogamos bem juntos. O André tem me passado confiança. Agora é focar na dupla. Eu sinto que estou jogando bem, mas falta um pouco para encaixar na hora certa e quando tiver as chances concretizar".

Jogando sob sol de meio dia e uma temperatura média de 33º C, Rogerinho comentou que em algum momento o calor interferiu em seu jogo: "Estava muito quente hoje. eu e ele estávamos muito cansados em algum momento, mas conseguimos contornar isso", finalizou.

banner
banner