X

Zwetsch sobre duelo brasileiro: 'Agora é cada um por si. Esperamos jogo bonito'

Quarta, 22 de fevereiro 2017 às 18:20:16 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Fabrizio Gallas - João Zwetsch e Duda Matos, comandantes da academia Tennis Route, do Rio de Janeiro, vão viver situação inusitada nesta quinta-feira quando seus respectivos pupilos, Thomaz Bellucci e Thiago Monteiro se enfrentam pelas oitavas do Rio Open.



Leia Mais:

Zwetsch aposta em Bellucci no top 20 e destaca trabalho físico e de consistência

Duda é treinador de Monteiro há pouco mais de dois anos e Zwetsch de Bellucci só que ambos realizaram a pré-temporada juntos na academia carioca, no Recreio dos Bandeirantes e também treinam com frequência no local. E agora como fica ?

Zwetsch responde: "É a primeira vez que isso vai acontecer. Esse é o tipo de jogo que novidades não existem. Todos se conhecem muito bem, é muito interessante, Thiago vem crescendo muito, mostrando competitividade. Ontem começou muito mal, ansiedade de jogar bem no Rio, é família, é público, mas soube aproveitar as oportunidades que apareceram, isso para um atleta é a parte mais preciosa que se tem. Thiago vindo com vontade muito grande, tênis de ótimo nível. Thomaz vindo com experiência, vivência de muitos jogos assim. Será um jogo interessante, vão estar os dois com vontade enorme, os dois são muito agressivos, espero que dois possam jogar bem e seja um jogo bonito", afirmou João que destacou o trabalho feito por Duda Matos com Monteiro o qual se limita a ajudar com conselhos e encurtar alguns caminhos do cearense de Fortaleza.

"Ao longo desse tempo estou ajudando, todos sabem que o Thiago treina lá conosco. Por ter boa vivência no circuito eu tento ajudar, dar alguns atalhos pro caminho do Thiago, mas o trabalho com o Thiago é feito essencialmente pelo Duda no dia a dia, isso é inevitável, não tem como fazer um bom trabalho com um atleta se não estamos ao lado dele no dia a dia. O treinamento tem uma função fundamental na preparação em dar consistência ao trabalho, planejamento, mas é em meio à competição que se conseguem os resultados, coisas mais importantes e sempre quem está com ele é o Duda que está fazendo um grande trabalho, mais um treinador de qualidade para o nosso tênis. É cada um por si agora, cada um do seu lado e vamos que vamos".

Ao ser perguntado quem ganha mais nos treinamentos, Bellucci ou Monteiro, ele apontou: "Não é pra ficar em cima do muro, mas acho que é parelho. Óbvio que ninguém ganha todos os sets, vou começar a anotar e em uns dois meses. Muitas vezes nos sets , nos jogos, cada um está moldado nos objetivos do que se está treinando do que no resultado em si no treino".

banner
banner