X

Bellucci brilha, bate top 5 Nishikori e faz duelo contra Monteiro no Rio Open

Terça, 21 de fevereiro 2017 às 21:37:22 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O número um do Brasil e 76º do mundo, Thomaz Bellucci, surpreendeu e jogando muito eliminou o principal favorito da chave do Rio Open, principal torneio de tênis da América do Sul, o japonês Kei Nishikori, número cinco do ranking mundial.



Com apoio da torcida, Bellucci abriu a programação da quadra Central na super-terça jogando muito e após uma sólida apresentação de 1h19 de partida fechou o placar em 6/4 6/3 tendo disparado três aces contra três do japonês, que venceu 63% dos pontos jogados com seu primeiro serviço contra 78% de aproveitamento do paulista de Tietê.

O canhoto brasileiro entrou com a tática de tentar fazer o japonês jogar e quanto mais longa a disputa, mais o Bellucci tentava empurrar o adversário da linha de base. A tática deu certo, Nishikori foi tendo dificuldades em seus saques graças a boa devolução do brasileiro e dificuldades ainda maiores de vencer pontos nos games de Bellucci, que conquistou quebra crucial no nono game, após belíssima cruzada que deixou Nishikori na rede.

Sacando para o set, Bellucci foi sólido, buscou entrar em quadra com seu forehand explorando o backhand do japonês, que levou ponto na paralela, perdeu o set e destruiu sua raquete a atirando contra o chão.

Na segunda etapa, Bellucci seguiu sólido com forehand, arriscou novas bolas cruzadas com backhand, abriu o set quebrando o saque do rival, fez 2/0, mas vacilou e viu o japonês reagir e devolver a quebra no quarto game. O jogo endureceu para o canhoto, que sentiu e cometeu erros bobos, mas manteve seu saque. Sólido, insistiu em alongar as trocas com bolas fundas e conquistou quebra no sétimo game, o que pressionou Nishikori, que sacando para se manter na partida ainda salvou três match-points no nono game, mas errou forehand na paralela, teve o saque quebrado e foi derrotado.

Na segunda rodada do torneio carioca, Bellucci encara o número dois do Brasil, Thiago Monteiro, a quem nunca enfrentou no circuito profissional.

banner
banner