X

Monteiro e Severino são destaques em Porto Alegre nesta 2ª. Quali será definido

Domingo, 27 de setembro 2015 às 16:31:30 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A chave principal do Challenger de Porto Alegre, no saibro, começa nesta segunda-feira com cinco jogos na Sogipa. Três brasileiros estarão em quadra: o cearense Thiago Monteiro, o carioca Carlos Eduardo Severino e o gaúcho Thomas Ramos.



O belga Kimmer Coppejans é o único cabeça de chave que estará em quadra. Terceiro pré-classificado, joga contra o chileno Juan Carlos Saez. A rodada se inicia às 11 horas, com os jogos decisivos do qualifying.

Confiança tem sido a palavra chave para o cearense Thiago Monteiro, 21 anos, atual 549º colocado no ranking mundial. Uma torção no joelho esquerdo, quando disputava o Challenger de Poprad Tatry, na Eslováquia, deixou o jovem atleta afastado das competições por quase três meses. O tenista da Tennis Route, patrocinado pela Oi, voltou na semana passada, em Campinas. “Eu joguei bem e me senti bem”, comentou o tenista que já foi o número 2 do mundo quando juvenil e chegou a ocupar o 254º lugar no circuito da Associação dos Tenistas Profissionais (ATP).

Thiago Monteiro entrou na chave principal do Aberto gaúcho como convidado e encara o francês Axel Michon: "Estou me sentindo confiante. Além disso, as condições de jogo estão favoráveis para mim, com uma quadra mais pesada. Acredito que posso fazer um bom torneio”, destacou. Thiago e o francês Axel Michon, 24 anos e 249º no ranking mundial, nunca se enfrentaram. Será um jogo entre canhotos.

Carlos Severino, da Acioly Tennis Team, do Rio de Janeiro, enfrenta o argentino Renzo Olivo. Em boa fase ele conquistou os torneios de Belém e São José do Rio Preto em agosto.
No quali,  pelo menos mais três brasileiros vão entrar na chave. Igor Marcondes, número dois juvenil nacional, passou pelo oitavo favorito, Eduardo Dischinger, por 6/3 7/6 (7/3) e enfrenta Pedro Sakamoto, 554º, que bateu o português Pedro Sousa por 6/4 6/3. 

O argentino Agustin Velotti encara o brasileiro João Walendowski, Oscar Gutierrez encara João Pedro Sorgi e Ricardo Hocevar pega Alexandre Tsuchiya.

banner
banner