X

Thiago Monteiro vê Monfils abandonar e vai às 4ªs em Adelaide

Quarta, 12 de janeiro 2022 às 07:40:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Principal favorito na chave do ATP 250 de Adelaide 2, na Austrália, o francês Gael Monfils, 19º do ranking da ATP, sentiu dores no pescoço e precisou abandonar a partida diante do número 1 do Brasil e 83º do mundo, Thiago Monteiro.



Monfils, que no final de semana passado foi campeão do ATP 250 de Adelaide 1, entrou em quadra sem apresentar indícios de que estava lesionado, porém as 1h57 de confronto, com seus longos, o forçou a abandonar com placar de 6/7 (2) 6/3 1/0 para o brasileiro, que converteu quatro aces contra 10 do francês, que venceu as mesma porcentagem de primeiro serviço de Monteiro, 66%, e cometeu o mesmo número de duplas-faltas, duas cada um.

O primeiro set foi marcado por pontos muito brigados, longas trocas e bastante equilíbrio. A batalha de 1h teve troca de quebras em erros dos tenistas entre os 4º e 5º games e seguiu equilibrado, até que o brasileiro precisou salvar quatro setpoits, dois no 10º game e dois no 12º para forçar o tiebreak. Nele, a iniciativa de Monfils já na devolução de saque rendeu mini-quebras no inicio da disputa e o francês abriu 5/0 para administrar.

Na segunda etapa, Monteiro parecia melhor fisicamente, se aproveitou de muitos games jogados com segundo serviço por parte do francês, que precisou salvar breakpoints no 2º e 4º games, viu o brasileiro salvar uma chance de quebra no 7º game sacando firme e conquistando a quebra no 8º empatando a disputa.

Monfils, que já vinha sentindo o pescoço e tendo dificuldades para sacar, abriu o set decisivo sendo quebrado e optou por abandonar a partida.

Nas quartas de final do torneio australiano, Monteiro encara outro francês Coretin Moutet, 115º, que dominou o húngaro Marton Fucsovics, 38º, em um duplo 6/2 após 1h16 de partida.

Moutet e Monteiro se enfrentaram três vezes no circuito profissional, uma em nível ATP. O brasileiro levou a melhor nas duas partidas em torneios Challenger e Moutet venceu o último confronto entre eles, válido pelo ATP de Córdoba, na Argentina, em 2020.

banner
banner