X

Thiem: 'Estamos prestes a presenciar um feito único'

Sábado, 11 de setembro 2021 às 16:38:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Dominic Thiem, atual campeão do US Open, comentou que estamos prestes a ver a história ser feita e que nunca mais presenciaremos tal feito no tênis. Novak Djokovic vai buscar o feito de vencer os quatro Grand Slams em um mesmo ano.



“Este ano passou muito rápido e é evidente que muitas coisas mudaram. Agora vemos as arquibancadas totalmente preenchidas novamente e o torneio está praticamente normal, o que é enorme. Para mim, 13 de setembro de 2020 será sempre um dos mais dias importantes da minha vida e sempre pensarei nele. Em relação à lesão, espero voltar no primeiro torneio de 2022, esse é o objetivo. O punho sarou bem, não devo ter complicações para começar o trabalho com araquete no final de outubro, seria o ideal, ainda preciso colocar o gesso por duas semanas e meia, espero poder tirar no final de setembro e reconstruir gradativamente meu pulso novamente. Quando sou eliminado de um torneio mais cedo ou quando sofro de pequenas lesões, não gosto de assistir a torneios, mas agora tenho um plano claro de voltar em 2022. Tenho assistido muito tênis, especialmente no US Open. Eu tenho gostado do ponto de vista do torcedor, estando relaxado e assistindo um ótimo tênis. Claro, também vejo as novas promessas dos jovens e já estou pensando nas táticas que poderei usar contra eles, além de ver como reagem em determinadas situações".

O tenista comentou sobre a pausa que teve que dar: "Não acho que fazer uma pausa seja ruim. É claro que não quero me machucar, mas sei que tenho treinado e jogado muito nos últimos anos, o que não é bom para o meu corpo . Agora é a hora de descansar mental e fisicamente. No momento, estou no meio da carreira e sei que tenho muitos anos bons pela frente. Sim, sinto falta de alguns sentimentos, especialmente do sentimento de vitória e da multidão, mas também há outras coisas que eu não sinto falta. "

Thiem comentou sobre o feito que Novak Djokovic está prestes a conquistar neste domingo contra Daniil Medvedev: "Posso imaginar que estava sob uma pressão enorme, algo que nem nós podemos imaginar. Para mim, vencer um Grand Slam exigia um esforço monstruoso e uma pressão enorme, mas o Calendar Slam é algo único, não nasci da última vez que aconteceu no tênis masculino. Ele é o favorito para vencer o torneio, tem esse objetivo em mente e fará todo o possível para alcançá-lo. Gostaria de estar no lugar dele e experimentar tudo isso, mas prefiro estar no meu para parar ele ou vemos um jovem jogador ganhar seu primeiro Grand Slam ou testemunhamos a história mais absoluta. Hoje podemos testemunhar algo que nunca veremos novamente. É a oportunidade do século e devemos ser gratos por isso. "

 

banner
banner