X

Melo estreia na madrugada desta quinta e joga mistas com Zvonareva

Quarta, 10 de fevereiro 2021 às 12:15:09 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Na madrugada desta quinta-feira, o mineiro Marcelo Melo e o romeno Horia Tecau estreiam na edição 2021 do Australian Open, primeiro Grand Slam do ano, que está sendo disputado em Melbourne, na Austrália.



Por volta das 3h (horário de Brasília), dupla – cabeça de chave número 7 – enfrentará os sérvios Filip Krajinovic e Dusan Lajovic. Será a 13ª participação de Melo no Australian Open, a primeira com Tecau. O torneio teve início nesta segunda-feira (8) e seguirá até o dia 21 deste mês, nas quadras do Melbourne Park.

“Treinamos, jogamos um torneio preparatório, conseguindo entrosamento, ritmo, uma boa preparação. Agora é focar na busca por bons resultados aqui”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Volvo, Head, Voss, Foxton, Asics, Bolsa Atleta e Confederação Brasileira de Tênis.

Melo e Tecau jogam juntos o segundo torneio na Austrália. Na semana passada, disputaram o Murray River Open, um dos dois ATP 250 programados para Melbourne, preparatórios para o Grand Slam, parando nas quartas de final. Após o Australian Open, Melo inicia a parceria com o holandês Jean-Julien Rojer, com quem formará dupla a partir desta temporada 2021 e que não viajou para a Austrália por estar acompanhando o nascimento do filho.

No ranking mundial individual de duplas divulgado nesta segunda-feira (8) pela Associação dos Tenistas Profissionais (ATP), Melo aparece na nona colocação, com 5.880 pontos. Tecau é o 23º, com 4.205, e Rojer o 24º, com 4.160 pontos.

Duplas mistas com Vera Zvonareva – Melo estará também nas duplas mistas no Australian Open. Ao seu lado, a russa Vera Zvonareva, 36 anos, número 2 do mundo em simples em 2010, ano em que foi finalista em Wimbledon e no US Open. Melo e Zvonareva já jogaram juntos em Wimbledon 2012. Semifinalista em simples e campeã de duplas do Australian Open (em 2012, com a também russa Svetlana Kuznetsova), Vera é a atual número 37 no ranking mundial de duplas. Em 2020, voltou a ser campeã de duplas do US Open, jogando com a alemã Laura Siegemund – em 2006 havia vencido com a francesa Nathalie Dechy. Em Jogos Olímpicos, conquistou bronze em Pequim 2008.

“Muito legal poder jogar com a Vera de novo. Eu a conheço faz muito tempo e já tivemos a oportunidade de jogar juntos uma vez. Ela é uma jogadora muito experiente, tanto em simples como em duplas”, ressalta Marcelo.

banner
banner