X

Há 14 anos, Nadal superava recorde de Vilas que perdurou por 29 anos

Sexta, 29 de maio 2020 às 14:41:52 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Há exatos 14 anos, o espanhol Rafael Nadal estreava em Roland Garros, vindo do título do Masters de Roma sobre o suíço Roger Federer, e ao vencer o sueco Robin Soderling colocava fim ao recorde de Guillermo Vilas em vitórias no saibro.



Prestes a completar 20 anos, Nadal precisou de 2h08 para fechar o placar em 6/2 7/5 6/1 diante de Soderling e conquistar assim sua 54ª vitoria consecutiva no saibro, superando o recorde imposto por Vilas em 1977, que tinha 53 vitórias consecutivas no piso e nunca havia sido superado.

Nadal estava sem perder no saibro desde abril de 2005, quando acabou derrotado pelo russo Igor Andreev, nas quartas de final do extinto ATP de Valência, na Espanha.

Após superar o recorde de Vilas, Nadal seguiu vencendo até 20 de maios de 2007, quando acabou derrotado de virada e com direito a pneu por Roger Federer na grande final do Masters de Hamburgo (recorde esta partida). Com esta sequência, Nadal estabeleceu o recorde de 81 vitórias consecutivas, que é o novo recorde mundial.

A organização de Roland Garros percebeu o tamanho do feito de Nadal em 2006 e convidou Vilas, que venceu o Slam parisiense em 1977, para entregar ao espanhol uma "réplica" das camadas das quadras no complexo de Roland Garros. 

Durante a homenagem a Nadal, Vilas, que criou do golpe grand-willy (winner batido no meio das pernas de costas) disse que renunciaria ao seu recorde, feliz com os outros dois com os quais permanecera. O de 50 jogos vencidos consecutivamente em diferentes superfícies e 16 torneios vencidos em uma temporada, 1977. Naquele ano, Vilas celebrou 130 vitorias e 14 derrotas.

O único recorde que acabou superado, foi o primeiro, já em 2011 pelo sérvio Novak Djokovic.

banner
banner