X

Djokovic chegou a se aposentar há dois anos, afirma esposa

Quinta, 14 de maio 2020 às 15:39:27 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Jelena Ristic, contou, em entrevista ao repórter Graham Bensinger, que seu marido, Novak Djokovic, atual número 1 do mundo, chegou a se aposentar do tênis por cerca de dez dias em 2018 após sua derrota para Benoit Paire no Masters 1000 de Miami, nos EUA.



"É a verdade, ele me disse que queria se aposentar. Perdeu em Miami,derrota terrível, nos reuniu todos da família e nos disse: "Terminei". E eu o perguntei: "Como ?" 'Quero que fale com meus patrocinadores e que sejamos muito claros. Não sei se vou parar seis meses, um ano ou para sempre.. Diga que se quiserem seguir junto comigo, perfeito, se não quiserem,estarei feliz, quero ser claro com todo mundo'. Minha intenção foi dizê-lo que não poderia se retirar. Começamos a chorar e disse que não era o momento de se retirar".

 

Na época, Djokovic vinha de lesão no cotovelo e derrotas precoces em Indian Wells e no Australian Open. A família tirou férias e Nole repensou sobre a parada: "Então tiramos férias e ele não queria saber nada de tênis, nem falar, nem jogar, nem nada. Mas eu gosto do tênis, o amo, e no terceiro ou quarto dia joguei com uma máquina de bolas pois não tinha com quem jogar, ele me viu, achou divertido, não era um jogo, outro enfoque. Ele não via o tênis como algo divertido, sim algo muito sério, ele é muito competitivo. Nesse momento viu como estavamos indo, nos divertindo e viu dessa maneira. Estava descalço, sem camisa e disse: 'posso pegar essa raquete ?', eu disse : 'não, você quer se aposentar, já não joga, nos deixe em nosso tempo'. Então o Stefan (filho) disse para jogar, ele começou a fazer alguns saques e se reencontrou. No último dia de férias já era outro, colocou o sapato, a camisa e me disse: 'Vou chamar o Marian (Vajda) e vou pedir para que seja meu treinador". 

"E ali começou, foi uma época dura, operou, queria voltar o quanto antes ao seu nível, caiu, caiu cada vez pior e se frutrou. Novak não é um bom perdedor, não gosta nada perder, mas quando cai no poço, no fundo de tudo, quando toca esse fundo e constrói algo novo, uma nova torre. E sempre uma torre espetacular".

 

 

 

 

 

banner
banner