X

Nadal: 'Vejo o ano de 2020 praticamente perdido'

Terça, 05 de maio 2020 às 10:40:05 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em declarações ao jornal espanhol El País, Rafael Nadal, número dois do mundo, se mostrou pessimista quando ao tênis em 2020 e acredita que não voltará a jogar mais nessa temporada.



O tenista também falou sobre política: "Ninguém poderia esperar isso, superou todos nós. Acredito que houve um erro por parte dos governantes porque eles deveriam ter acesso às informações que previam algo assim, para tomar medidas preventivas. Acho que todos devemos reconhecer nossos erros porque isso nos humaniza. Isso também me superou, eu estava preparado para jogar o Indian Wells sem pensar no que estava por vir", diz o espanhol que não quer que suas palavras sejam mal interpretadas. "Qualquer mensagem se torna politizada e há pessoas que se sentem atacadas. Sou mais um cidadão, pago meus impostos e tenho o direito de expressar uma opinião", revela Nadal que, há alguns dias, afirmou que atletas profissionais deveriam treinar.

Ao longo da entrevista, o natural de Manacor ficou muito preocupado com as conseqüências econômicas dessa pandemia global, que terá efeitos devastadores sobre o turismo, setor em que o tenista está muito presente em iniciativas empresariais: "A melhor coisa que um ser humano tem é sua capacidade de se adaptar e a pior é a velocidade com que ele esquece as coisas. Eu gostaria que isso fosse um aprendizado, mas temo que tudo seja esquecido em breve e queixemos novamente de bobagens. Nós valorizamos apenas coisas importantes , como saúde, família ou poder comer todos os dias, quando não temos", afirmou.

"O estado de bem-estar que temos na Espanha funciona e devemos protegê-lo mais do que nunca antes da crise que está chegando. Todos temos que ser solidários, nos reinventar e projetar confiança no exterior porque, se não, sofreremos muito", disse Rafa, que Mais uma vez, ele afirmou que queria poder abraçar o seu de novo, bem como o envolvimento dos atletas que colaboraram na iniciativa #NuestraMejorVictoria. Além disso, questionado a nível esportivo por suas previsões, o Manacor expressou seu pessimismo: "Acho que não voltarei às quadras em 2020, infelizmente. Neste momento, afirmo que o Aberto da Austrália em 2021 é o que me preocupa no momento. Vejo 2020 praticamente perdido", completou.

banner
banner