X

Barty para o ímpeto de Sakkari e vai às 8ªs do Australian Open pela 1ª vez

Quinta, 17 de janeiro 2019 às 23:45:09 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Na partida que abriu a programação da Rod Laver Arena nesta sexta-feira, empurrada pela torcida australiana Ashleigh Barty, 15ª da WTA, parou o impeto da grega Maria Sakkari, 43ª, e se garantiu pela primeira vez na carreira nas 8ªs de final do Australian Open.



O jogo, como era esperado em virtude das apresentações anteriores das tenistas, foi marcado por ambas buscando definir os pontos, dominar a disputa e balançar a adversária. Nele, Barty precisou de 1h23 para fechar o placar em 7/5 6/1 tendo convertido 13 aces contra dois da grega, que cometeu as duas duplas-faltas da partida e cometeu 26 erros não-forçados contra 20 de Barty, que disparou 24 bolas vencedoras contra apenas nove de Sakkari.

Barty enfrentou melhor a tática de movimentar a bola mudando constantemente de direção por parte de Sakkari. A australiana trabalhou cortando os forehands pesados da grega com slices, ora fundos ora curtos e procurou desestabilizar a adversária alongando disputas de bolas e trabalhando firme bolas cruzadas, curtas e bem anguladas.

Desta forma, a grega, que tem por hábito entrar em quadra quando confortável nos pontos, levou algumas passadas, uma delas, inclusive marcou a quebra de saque no sexto game da segunda etapa.

O primeiro set foi mais equilibrado, com as tenistas trocando quebras entre quarto e quinto games da primeira etapa e vendo a australiana definir com quebra no décimo segundo game. 

No intervalo dos sets, Barty pediu atendimento do fisioterapeuta para um problema aparentemente na região lombar, nas costas e voltou melhor para a segunda etapa. Ali, a australiana conquistou quebras no quarto e sexto games e dominou, diante da grega já apática.

Nas oitavas de final em Melbourne pela primeira vez na carreira, Barty aguarda pela vencedora da partida entre a dinamarquesa Caroline Wozniacki e a russa Maria Sharapova.

 

banner
banner