X

Djokovic: ‘Não ficarei satisfeito com nada que não seja vencer Slams’

Quarta, 27 de dezembro 2017 às 11:29:37 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Na reta final de sua pré-temporada para retornar ao circuito profissional, o sérvio Novak Djokovic concedeu uma entrevista ao Sports360 diretamente de Dubai, na qual comentou sobre suas ambições para seu retorno.



“Agora sinto que tenho a força de vontade necessária para fazer algo grande. Estaria mentindo se dissesse que me conformaria com algo menos que ser número 1 do mundo e vencer títulos de Grand Slam porque necessito crer em algo e encontrar novamente esse compromisso. Quero mostrar a mim mesmo e à minha família que posso fazer isso e é para isso que estou trabalhando”, declarou o sérvio.

Iniciando 2018 no Mubadala World Tennis Championship, o sérvio garante que se inspira no que Roger Federer e Rafael Nadal fizeram em 2017 ao retornar de um afastamento de 6 meses do circuito.

“O que eu busco é me divertir ao máximo em quadra. Roger e Rafa voltaram a jogar e mostraram que são capazes. Eu tive dias em que me perguntei porque ainda jogava se não tinha mais objetivos, mas esses dias foram necessários para compreender a importância do tênis em minha vida”, declarou Djokovic, comentando que ainda lhe restam muitos anos no circuito ATP.

“Me vejo competindo em meu melhor nível até uma idade mais avançada que a de Federer agora. Os limites estão na mente, somos os criadores de nosso próprio destino e decidimos o que realmente queremos. Agora me sinto feliz de jogar, tanto quando há 4 anos e sinto que posso seguir dominando. Estou satisfeito com o que fiz até agora e sei que posso ir mais longe”.

banner
banner