X

Gasparin é destaque brasileiro e vence a estreia na Copa Guga

Terça, 10 de outubro 2017 às 19:45:02 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

As meninas da categoria 18 anos desfilam charme e talento na 9ª Semana Guga Kuerten. Hoje foram disputados jogos da segunda rodada, no Clube 12. A partir de agora o torneio feminino entra na reta final, com a definição da fase de quartas-de-final.



A 9ª Copa Guga Kuerten Infantojuvenil distribui pontos para os rankings brasileiro, sul-americano e mundial, e acontece até o próximo domingo, dia 15 de outubro, quando serão conhecidos os campeões nas categorias 12, 14, 16 e 18 anos, masculino e feminino.

Principal favorita ao título, Nathalia Gasparin estrou hoje com vitória na categoria 18 anos. Sétima do Brasil e 129 do ranking mundial, a paranaense venceu por 2 sets a 0. Com jogo sólido de fundo de quadra, e direita potente, Nathalia soube impor seu jogo para comandar as ações na vitória por duplo 6/1. “A constância no meu desempenho foi fundamental para a vitória.”

A estreia de gala na competição e a desenvoltura em quadra revelam um pouco da intimidade da tenista de Curitiba com a Semana Guga Kuerten. Campeã na categoria 16 anos, conquistou todos os títulos de dupla possíveis (nos 12, 14, 16 e 18 anos). A Copa Guga Kuerten Infantojuvenil é um de seus torneios prediletos. “É um dos melhores do país, além disso tem a presença constante do Guga, ídolo do Brasil.”

A segunda cabeça-de-chave do torneio, a gaúcha Ana Luiza Cruz, também estreou com o pé direito. Passou fácil pela paulista Alice Marques, em sets seguidos de 6/1 e 6/0. Mesma sorte não teve a sexta favorita da Copa Guga Kuerten Infantojuvenil, Priscila Baptista. A tenista paulista foi derrotada pela paraguaia Camila Diaz, em um duelo bastante equilibrado, com placar final de 6/7, 6/2, 7/5.

RUSSA, NORTE-AMERICANA E PERUANA EM PERFORMANCE ARRASADORA

As tenistas estrangeiras mostraram força no segundo dia de disputas da categoria 18 anos feminino. Das cinco representantes de outros países, quatro avançaram. Destaque para a peruana Giulia Chicata, a russa Anfisa Danilchenko e a norte-americana Jaedan Brown. O trio atropelou as adversárias brasileiras. Chicata derrotou Maria Vitória Salomão por duplo 6/0, enquanto Danilchenko bateu Ana Clara

banner
banner