X

Djokovic sente o ombro, mas vai às quartas contra Berdych em Wimbledon

Terça, 11 de julho 2017 às 10:25:11 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Número quatro do mundo e segundo favorito ao troféu, Novak Djokovic sentiu o ombro, mas evitou trabalhar muito nesta  em jogo adiado por conta da falta de luz natural e sem sustos avançou às quartas de final de Wimbledon, torneio mais tradicional do esporte.



O sérvio superou o canhoto francês Adrian Mannarino, 51º colocado, por 6/2 7/6 (7/5) 6/4 após 2h13min de duração na quadra central com o teto retrátil fechado por conta da fina chuva que caiu em Londres nesta terça-feira.

O tricampeão do torneio em 2011, 2014 e 2015 já retorna nesta quarta-feira para enfrentar o tcheco Tomas Berdych, 15º colocado, que na segunda-feira venceu em cinco sets o austríaco Dominic Thiem. São 27 jogos entre os dois com 25 vitórias de Novak que perdeu uma delas em Wimbledon em 2010, mas devolveu em 2013.

O jogo
No primeiro set o sérvio quebrou no segundo game, abriu 2/0, pediu atendimento onde apenas conversou com o médico e foi senhor da partida diante de um Mannarino que recorrentemente colocava a mão nas costas sinalizando dores na lombar. Após game longo quebrou de novo para fechar por 6/2.

Na segunda etapa a quebra veio no segundo game para fazer 3/0, mas Mannarino devolveu a quebra igualando em 4/4. No tie-break o francês abriu 4 a 2, mas perdeu quatro pontos seguidos e Nole aplicou bom saque para definir por 7/6 (7/5).

No terceiro set a quebra também veio cedo, ele foi administrando, mas pediu atendimento duas vezes com dores no ombro - vem jogando seguidamente desde a semana anterior no torneio de Eastbourne, na Inglaterra, onde foi campeão -,mas controlou bem o serviço para definir em 6/4.

banner
banner