X

Bia joga bem, leva top 15 ao limite , mas cai em Roland Garros

Segunda, 29 de maio 2017 às 16:08:49 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em sua primeira partida na chave principal de um torneio do Grand Slam, a paulistana Beatriz Haddad Maia, a Bia, tenista número um do Brasil e 101ª do mundo, pressionou e levou a russa Elena Vesnina, 14ª da WTA, ao limite, mas acabou caindo na estreia em Roland Garros.



Uma batalha de 2h12 para Vesnina fechar o placar em  6/2 3/6 6/4 tendo convertido cinco aces contra quatro da brasileira, que disparou 23 bolas vencedoras contra 24 da russa, que cometeu 30 erros não-forçados contra  36 da brasileira.

A partida começou com uma quebra a favor da russa, que iniciou de maneira agressiva, abriu 2/0 e manteve-se na tática de movimentar a brasileira e buscar as paralelas. A tática deu certo e Vesnina conquistou nova quebra de saque no quinto game, abrindo 5/1 no placar e administrando.

No segundo set, foi a vez de Bia, que vinha de um set errático, buscar ser agressiva, a quebra veio no segundo game, após cinco minutos de game, e a paulistana abriu 3/0 no placar. Bia seguiu pressionando, levou Vesnina ao limite a fazendo salvar cinco chances de quebra e batalhar por 11 minutos no quarto game, mas confirmou. O jogo seguiu e após erros da brasileira, a russa devolveu a quebra no sétimo game, mas foi quebrada de zero na sequência e viu a brasileira sacar para forçar o terceiro set.

Ali, mais experiente, Vesnina manteve a tática de ser agressiva, conquistou quebras no quarto e sexto game, abriu 5/1 no placar, mas viu a brasileira lutar, buscar se agressiva e lutadora e devolver as duas quebras nas duas oportunidades que a russa sacou para fechar a partida. Com 5/4 no placar, Vesnina arriscou tudo nas devoluções e quebrou o saque da brasileira fechando a partida.

banner
banner