X

Rogerinho lamenta derrota: ‘Queria poder dar algo a mais à torcida’

Segunda, 20 de fevereiro 2017 às 19:56:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Marden Diller - O brasileiro Rogério Dutra Silva foi eliminado na tarde desta segunda-feira no Rio Open pelo jovem norueguês Casper Ruud com parciais de 6/3 6/4. Em coletiva após a partida, o brasileiro lamentou a derrota mas mostrou uma postura positiva apesar de tudo.

 



“Eu estava jogando em casa, estava com aquele gostinho de querer dar algo a mais à torcida pra torcida poder me ajudar. Mas foi complicado, eu não me senti confortável em nenhum momento, o jogo estava estranho, ele estava sacando bem, eu não consegui me firmar nos pontos. Só queria passar um pouco na frente para chamar a torcida, mas infelizmente nem isso eu consegui”.


“Apesar do resultado eu acho que eu venho jogando bem, venho trabalhando duro e agora é isso, vou levantar a cabeça e seguir meu trabalho nos próximos torneios”.


Mesmo fora do torneio, Rogerinho comenta que seu coração seguirá no Rio Open com seus compatriotas que seguem lutando pelo primeiro título tupiniquim em quatro edições do torneio.


“Infelizmente já estou fora do torneio, mas seguirei torcendo muito pelos nossos meninos e tomara que algum deles se consagre campeão”, comentou. “Seria incrível para o tênis. Acredito que quanto mais brasileiros estiverem em quadra, ainda mais em um torneio com esse, melhor para o nosso esporte”.


Por fim, Rogerinho deu sua opinião sobre a controversa questão da mudança de piso do saibro para quadras duras, que pode acontecer já para a edição de 2018.

 

“O que for melhor pro tênis, que seja feito. O Rio Open já é um torneio muito grande e acho que o que for melhor para o esporte será bem-vindo. Se todos acharem que essa é a melhor mudança, também apoiarei”.

banner
banner