X

Murray joga cinco sets novamente, mas vira sobre francês em Roland Garros

Quarta, 25 de maio 2016 às 13:01:00 AMT

Link Curto:

Roland Garros

O escocês Andy Murray, 2º da ATP, sofreu outra vez em Roland Garros. Novamente, ele precisou de cinco sets para avançar, mas fez 6/2, 2/6, 4/6, 6/2 e 6/3, em 3h34min, sobre o convidado local Mathias Bourgue, apenas o 164º do ranking.



Murray, que precisara de 3h41min para virar sobre o tcheco Radek Stepanke na primeira rodada, sofreu um apagão de oito games entre segundo e terceiro sets, após começar muito bem e pôr um set e uma quebra acima. Ele conseguiu voltar, mas tais bobeiras provavelmente serão fatais, caso ocorram contra adversários do top 10.

O JOGO

Bourgue começou perdendo seu saque em 1/2, em game com várias igualdades, e voltou a ceder a quebra no último game, cometendo quatro erros, dois não forçados: 6/2 Murray. O jogo parecia caminhar com facilidade para o favorito.

Mas não foi o que ocorreu. Murray começou salvando um break point, mas mantendo seu saque. No segundo game, ele teve 0/40 e, na terceira chance, contou com uma dupla falta do rival para fazer 2/0.

Daí pra frente, um desastre. Errando tudo durante oito games, ele viu o francês fazer 6/2 no segundo e 2/0 no terceiro, complicando sua vida. Depois disso, Mathias manteve-se firme no saque, não dando chances a Murray, que, por sua vez, teve de lutar para confirmar seus games: 6/4, 2x1, e novamente Andy Murray teria de ir a cinco sets para avançar na Philippe Chatrier.

O game crucial do jogo foi o primeiro do quarto set. Bourgue teve três break points, mas Murray perseverou mentalmente e conseguiu dois winners de direita e um lindo voleio de bate-pronto, dificílimo. Ele confirmou e foi em busca da virada.

No quarto game, em 1/2, o convidado fez 30/15, mas cometeu três erros e deu seu game a Murray. Assim como o adversário fizera no terceiro set, Andy não cedeu break points na parcial e fechou em 6/2, após o top 200 ceder 0/40 e entregar a segunda quebra em uma dupla falta.

Veio o quinto e decisivo set. O bicampeão de Grand Slam confirmava seus serviços com relativa facilidade, enquanto Bourgue, após sofrer, mas manter seu primeiro game, não resistiu e, em novamente em 1/2, cometeu muitos erros. Murray conseguira o que queria.

Com isso, o ainda jovem tenista local se abateu. Sacando no sexto game, em 1/4, ele levou um lob de Murray no 40/40 e cometeu uma dupla falta, cedendo a segunda quebra e complicando definitivamente suas chances.

O final teve um pouco de tensão, na medida em que Murray jogou um péssimo sétimo game, em que errou bastante e cedeu a quebra. Na sequência, Bourgue mostrou personalidade e atuou muito bem em seu game. Entretanto, no 5/3, Mathias teve 15/30, escolheu o lado errado para jogar a bola depois de curtinha de Murray e, nos últimos dois pontos, viu um tenista que é número 2 do mundo vencer o jogo apropriadamente, com uma ótima ida à rede e uma esquerda paralela quase indefensável.

Na 3ª rodada, o britânico enfrentará o gigante croata Ivo Karlovic, 28º do ranking, que bateu o convidado australiano Jordan Thompson, em batalha de mais de 4h30min, que incluiu três tiebreaks e um 12/10 no quinto set, em 4h32min.

 

Veja lance do encontro:

 

 

banner
banner