X

'Agora, saibro é um piso fácil para mim', surpreende Murray

Domingo, 15 de maio 2016 às 18:03:14 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após a grande vitória deste domingo, sobre o sérvio Novak Djokovic, Andy Murray comemorou a vitória e deu declarações bastante otimistas sobre sua performance no saibro, piso em que outrora tinha dificuldades para apresentar seu melhor tênis.



“Bater o melhor jogador do mundo sempre representa uma grande vitória. Sei que, em todas as vezes que o enfrento, necessito jogar meu melhor, se [eu] quiser vencer”, declarou, tímido, o tenista, que emocionou os jornalistas ao falar que a última coisa feita por ele antes de entrar na quadra central foi ‘olhar uma foto de sua filha’, Sophia.

O escocês comentou sobre o hábito que se tornou atingir as fases mais agudas nos torneios da gira de saibro. Até 2015, ele não costumava se sair bem no piso, mas, desde lá, venceu o 250 de Munique e o Masters 1000 de Madri, na temporada passada, além de vencer Roma, hoje, depois de cair na capital espanhola, para Novak, na última semana.

“Jogar as finais de torneios Masters 1000 no saibro é uma experiência nova. É bom atingir esse objetivo. Foi uma ótima preparação para Roland Garros”.

Depois, Murray revelou que seus técnicos disseram “que o saibro deveria ser minha melhor superfície”, provavelmente devido a seu estilo de trocar mais bolas e aproveitar a agressividade do oponente para contra-atacar, mas que ele “demorou muito tempo para ganhar confiança sobre ela [a superfície de terra batida]”.

Entretanto, o britânico afirmou que os tempos são outros, fazendo, ao fim, uma declaração surpreendente. “Minha mentalidade está mudada, quando entro na quadra; não me sinto desequilibrado e sei que posso ir atrás de todas as bolas. Agora, é um piso fácil para mim”.

banner
banner