X

Foi uma loucura, vibra Sá após vitória salvando 7 match-points

Quinta, 21 de abril 2016 às 16:23:07 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

André Sá (Phoods/Ferraz & Cicarelli Advogados/Correios/Asics), 55º do ranking da ATP, venceu uma batalha após salvar sete match-points e se garantiu na semifinal do ATP 250 de Bucareste, na Romênia, evento sobre o saibro com premiação de 463 mil euros.



Sá, natural de Belo Horizonte (MG), mas radicado em Blumenau (SC) desde 2003, e o parceiro australiano Chris Guccione, superaram a dupla cabeça de chave dois formada pelos americanos Scott Lipsky e Eric Butorac por 2/6 6/2 18/16 após 1h21min de duração.

"Foi uma loucura!"exclamou Sá: "Começamos mal e depois entramos em ritmo. Buscamos 9 a 6 abaixo no match tie-break. A chave foi aguentar a pressão, foi um terceiro set muito tenso, mas com bom nível e aguentamos bem no final".

André e Guccione, que já haviam derrotado os atuais campeões na estreia, os romenos Marius Copil e Adrian Ungur, tentam vaga na final contra a dupla quarta favorita do israelense Jonathan Erlich e o britânico Colin Fleming.

SOBRE ANDRÉ SÁ

Sá já foi 17º do mundo nas duplas e fez semifinal em Wimbledon em 2007 com Marcelo Melo. Possui oito títulos de ATP na categoria, um deles este ano em Buenos Aires, na Argentina. Em simples ele já esteve no top 50 com quartas no Aberto da Inglaterra, em 2002.

Muito atuante nos bastidores, Sá é membro do Conselho Geral dos Jogadores da ATP que discute e vota sobre mudanças e atualizações para o circuito mundial de tênis. É também membro do Conselho de Jogadores da Confederação Brasileira de Tênis.

banner
banner