X

Monteiro não quer se acomodar após boas campanhas no Brasil

Sexta, 26 de fevereiro 2016 às 22:56:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Ariane Ferreira - Após cair nas quartas de final do Brasil Open para o atual campeão Pablo Cuevas, o cearense Thiago Monteiro mostrou-se muito feliz com as duas semanas que disputou como convidado nos torneios ATPs do Brasil e bateu nomes como Jo Tsonga e Nicolas Almagro.



"Eu acho que foi um jogo muito bom, consegui manter um bom nível. A minha intensidade caiu um pouco. O Cuevas é um cara muito sólido e muito experiente, soube aproveitar as oportunidades quando joguei um pouco abaixo e estar bem nos momentos importantes", analisou sua derrota de virada.

"Saio muito feliz daqui do Brasil Open, foi um torneio que me deu muita confiança. Consegui duas vitórias muito importantes pra mim (Almagro e Daniel Muñoz De La Nava) e hoje escapou, mas agora é seguir motivado e treinando firme. Semana que vem tenho outra oportunidade. Outro torneio para jogar. Espero manter a consistência nesses torneios", pontuou.

Ainda sobre a partida, Monteiro considera que Cuevas cresceu na partida, começou incomodado, mas pegou o ritmo do jogo e por fim, com o backhand bem afiado ficou "quase impossível devolver" as bolas. "(Cuevas) vem bem. Está jogando em alto nível e fazer um jogo duro contra um cara desses é muito gratificante pra mim. É para seguir acreditando", destacou.

Sobre a quebra que levou após abrir um set e quebrar os erviço do adversário no primeiro game da segunda etapa, Monteiro considerou que estava tranquilo, mas que o uruguaio soube aproveitar seus erros. "(Ele) foi agressivo e foi ganhando confiança. Pra mim foioi difícil seguir no ritmo dele", confessou.

"(Estas)Foram duas semanas especiais pra mim e produtivas. Foi um pouco melhor do que eu esperava. foram muitos importantes pra mim. Só tenho a agradecer as organizações das competições. Fico muito feliz de poder jogar bem contra esses jogadores", considerou.

Thiago Monteiro está a caminho do Challenger de Santiago, no Chile, onde buscará seu primeiro título de torneio deste nível. Para isso, o cearense quer manter a intensidade e motivação. O torneio será jogado a partir do dia 7 de março.

Sobre o apoio da torcida, Monteiro mostrou-se surpreso ao sair ovacionado, mesmo após a derrota. "O público me ajudou bastante, me deu energia o tempo inteiro, nas duas semanas. Foi muito mais do que eu esperava, mas vou seguir tentando para retribuir esse carinho com um bom tênis. Agora não quero parar por aqui, não vou me acomodar com esses resultados", finalizou.

 

banner
banner