X

Orgulhoso de sua carreira, Hewitt está preparado para o 'adeus'

Terça, 19 de janeiro 2016 às 13:18:34 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em seu torneio de despedida do circuito profissional, o ex-número um do mundo, Lleyton Hewitt, venceu a estreia do torneio, postergou a aposentadoria, mas preparado para retirdada espera um duelo complicado, mas possível contra o oitavo do mundo, David Ferrer.



Questionado sobre seu próximo adversário, David Ferrer, Hewitt destacou pontos do jogo do adversário e sua experiência: "Ele parece uma parede de tijolos em quadra. ele se movimenta muito bem. As pessoas acham que ele apenas devolve as bolas, mas ele é bem agressivo da linha de base. Ele não vai muito atrás da linha.

"Ele esteve perto de ganhar um Grand Slam, fazendo final em Roland Garros. Ele fez algumas semifinais em slams (duas delas em Melbourne). Especialmente no saibro e quadra rápida, ele é um oponente difícil para qualquer um", presseguiu.

Após a resposta, Hewitt ouviu de um jornalista "você se dará uma chance de batê-lo?" e prontamente respondeu: "Sim. Dou a mim mesmo a chance de lutar. Será difícl, eu sei, mas sinto que estoubatendo a bola bem o suficiente para ir lá e dar a ele uma boa corrida".

Perguntado se quer mais da carreira, Hewitt disse "quero mais seis", em referência a final do Australian Open, local onde esteve apenas uma vez na carreira, em 2005, e acabou derrotado de virada pelo russo Marat Safin. "É um jogo de cada vez. Eu faço tudo certo. Eu me orgulho de minha carreira de me preparar da melhor forma possível, dar todos os pocentos e tentar obter o melhor resultado possível. Farei isso novamente. Se não seguir meu caminho no próximo jogo, então que assim seja. Tudo em meu controle. Eu sou ir lá e dar meu melhor", declarou.

banner
banner