X

Djokovic será maior prejudicado com sanção a Wimbledon

Sexta, 20 de maio 2022 às 16:24:15 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Fabrizio Gallas - A Associação dos Tenistas Profissionais (ATP) confirmou ao Tênis News que o descarte de pontos de Wimbledon 2021 ocorrerão normalmente, independente da sanção aplicada ao torneio. Decisão prejudica Djokovic, Berrettini e outros.



Pouco após anunciar que a edição 2022 de Wimbledon não terá pontos de ranking distribuídos para simples e duplas, a ATP confirmou por e-mail ao Tênis News que o descarte dos pontos conquistados em 2021 pelos atletas serão descartados.

"Os pontos ganhos em Wimbledon em 2021 cairão do ranking dos jogadores de acordo com as regras da ATP (52 semanas após o evento do ano anterior)", pontuou o porta-voz da ATP.

Desta maneira, todos os jogadores que disputaram a edição anterior do evento terão os pontos descartados e não irão somar neste ano, o que mudará a configuração do ranking.

Campeão do torneio, o sérvio Novak Djokovic, número 1 do mundo, será o principal prejudicado, pois descartará os 2 mil pontos conquistados com o título ano passado, enquanto os rivais mais próximos, em termos de ranking, o russo Daniil Medvedev, 2º, e o alemão Alexander Zverev, 3º, descartarão apenas 180 pontos da quarta rodada alcançada no torneio.

Desconsiderando os pontos que serão somados até a realização de Wimbledon este ano, Djokovic pode cair para a quarta posição do ranking mundial, já que o grego Stefanos Tsitsipas, atual quarto, descartará apenas 10 pontos, pois caiu na estreia em Londres 2021.

Vice-campeão do torneio, o italiano Matteo Berrettini, atual 10º da ATP, pode cair para 16º da ATP.

banner
banner