X

Schiavone promove jantar beneficente para Fundação Svitolina

Quarta, 04 de maio 2022 às 10:05:47 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Aconteceu na noite desta terça-feira, em Milão, um jantar beneficente organizado pela campeã de Roland Garros 2010, a italiana Francesca Schiavone. o premiado chef de cozinha Giancarlo Morelli e a ucraniana Elina Svitolina, atual 29ª da WTA.



O jantar ocorreu em um dos restaurantes do chef Moreli, o Milan Bulk, e contou com o leilão de diversos materiais esportivos de propriedade de atletas e ex-atletas, com toda a renda voltada para a fundação Elina Svitolina, que tem atuado para auxiliar as crianças ucranianas afetadas pela guerra.

"Eu com Svitolina e o Chef Morelli, praticamente ficamos em contato causalmente e como somos unidos pelo amor esporte - todos os meus amigos são apaixonados por tênis e futebol - então conseguimos reunir muitos materiais (esportivos) e eles me deram uma grande força para recolher esses fundos e dar-lhes  diretamente a Svitolina, que já está fazendo as doações, as famílias, em especial crianças, da Ucrânia", disse Schiavone ao jornal local Gazzetta dello Sport durante o jantar, apontando a emoção de todos que estavam participando do evento.

Dentre os materiais colocados para leilão no jantar, estavam camisetas dos atuais ídolos do futebol italiano Lautaro Martínez e Nicolò Barella da Inter de Milão; Olivier Giroud e Sandro Tonali do Milan. "Tem material para todos os gostos, mas depende se você é interista ou rossoneri", brincou Schiavone. O goleiro do Milan Mike Maignan doou um par de luvas autografados

Ídolos do passado dos dois times não apenas doaram materiais, como estiveram presentes do jantar. O ex-goleiro pentacampeão com o Brasil em 2002 e ídolo do Milan, Dida, doou um par de luvas seus, que foram comprados pelo chef Morelli fã do ex-goleiro brasileiro. Já o argentino Javier Zanetti, terno capitão da Inter, doou uma braçadeira e que tentou comprar, sem sucesso, o combo de Fabio Fognini, que incluía camiseta e raquetes autografadas.

"Fábio é um amigo e também torcedor da Inter. Então a raquete também é nerazzurri", brincou Zanetti, porém, o combo de Fognini foi comprado por duas convidadas.

Os jovens italianos Lorenzo Musetti e Jannik Sinner também doaram camisetas autografadas, assim como Rafael Nadal. Gael Monfils, marido de Svitolina, doou uma raquete, bem como a esposa. Outra peça do leilão foi uma camiseta de jogo do ex-lateral direito italiano Mauro Tassotti.


banner
banner