X

Nadal bate Berrettini, decide o Australian Open pela 6ª vez e busca recorde

Sexta, 28 de janeiro 2022 às 03:40:51 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Rafael Nadal emplacou uma ótima atuação nesta sexta-feira para garantir vaga na decisão do Australian Open. O espanhol atuou com contundência em boa parte do duelo semifinal no encontro.



Leia Mais:

Nadal vai às lágrimas e surpreende em resposta sobre recorde

Nadal entra no clube dos 500 no piso duro

O natural de Manacor, atual quinto do mundo, derrotou italiano Matteo Berrettini, sétimo colocado, marcando 3 sets a 1 com parciais de 6/3 6/2 3/6 6/3 após 2h55min de duração.


Foi o segundo jogo entre eles, curiosamente a segunda semi de Grand Slam e segunda vez que Rafa vence. No US Open de 2019 o placar porém foi em sets diretos.


No próximo domingo, às 5h30, Rafa jogará a decisão contra o russo Daniil Medvedev, segundo do mundo e atual vice-campeão, ou o grego Stefanos Tsitsipas, quarto colocado. Esta será a sexta final de Nadal na Austrália onde foi campeão em 2009 e vice nas restantes em 2012, 2014, 2017 e 2019.


Nadal terá a chance de vencer seu 21º título de Grand Slam para ser pela primeira vez o recordista isolado, deixando Novak Djokovic e Roger Federer para trás com 20. Ele também vai buscar o segundo troféu em Melbourne igualando Djokovic como únicos da Era Aberta a vencerem ao menos duas vezes todos os quatro torneios Majors. Rafa tem 13 títulos em Roland Garros, quatro no US Open, dois em Wimbledon e uma conquista na Austrália. Esta será a 29ª final de Slam em sua carreira e 127ª onde buscará o 90º caneco.


O jogo


Depois de dias seguidos de calor acima dos 30º C e desidratação que o fez perder 4kg contra Denis Shapovalov nas quartas de final, Nadal entrou em quadra pela primeira vez com o teto retrátil fechado por conta da chuva. Diante de um potente sacador era esperado ainda menos vantagem ao espanhol, mas ele tratou de jogar pesado nos golpes de fundo, bem no serviço e explorando o defeito do rival que é o backhand. Nadal saiu quebrando no segundo game, abriu 3 a 0 com autoridade, incomodou o saque do adversário e fechou por 6/3 em seu maior momento de perigo da parcial, quando abriu 40 a 0 e permitiu o empate. A parcial durou pouco mais de 40 minutos.


No segundo set, Rafa se manteve fiel à tática, devolveu bem o saque e já dominava os pontos a partida da segunda ou terceira bola. Ele quebrou duas vezes, fez 4 a 0 manteve a solidez para fechar por 6/2 em 42 minutos.


No terceiro set o ritmo do espanhol caiu, as bolas ficaram mais curtas e Berrettini aproveitou, quebrou no oitavo game com bola vencedora na direita e fechou com ótimos saques por 6/3 dando pimenta na partida.

No quarto set, Berrettini começou bem no saque sem dar chances, mas Rafa, apesar de bolas mais curtas, foi se segurando e jogou bem no oitavo game para quebrar após erros de direita do italiano. Ele sacou em 5 a 3 com tensão, uma dupla-falta, mas compensou com saque e voleio e firmeza para fechar a partida e vibrar muito sem acreditar.

banner
banner