X

Swiatek: 'Estou orgulhosa de conseguir a virada, algo novo pra mim'

Quarta, 26 de janeiro 2022 às 14:14:17 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Após vencer uma batalha contra a estoniana Kaia Kanepi e se garantir na semifinal do Australian Open, a polonesa Iga Swiatek conversou com os jornalistas e revelou que a confiança em seu jogo e suas condições físicas foram primordiais para virar a partida.



"Estou muito orgulhosa de mim mesma", iniciou ela a respeito de estar em mais uma semifinal de Grand Slam na carreira. "Especialmente em jogos como esse, onde consegui vencer após perder o primeiro set, o que é novo pra mim", completou.

A polonesa afirmou que as condições diferentes do clima em Melbourne, que esteve quente e bastante úmido não interferiu em sua performance em quadra e confessou empurrar a adversária para exaustão física: "Minha principal preocupação era se o sol iria me incomodar durante o saque. Eu sabia que estaria quente e úmido, mas isso não fez muito efeito sobre mim, porque eu sabia que estava fisicamente preparada. Acho que ela estava um pouco cansada ao fim do jogo, então tentei alongar os rallies para cansá-la ainda mais, por causa da confiança que tenho no meu físico".

Orgulhosa da vitória, Swiatek foi questionada sobre como se sentia, já que em sua primeira semifinal de Grand Slam [Roland Garros 2020], chegou sem perder muitos sets. "Eu me sinto bem. Eu tenho muito mais confiança em mim hoje, mesmo que não comece bem o jogo. Estou orgulhosa de mim, de estar apta a encontrar soluções, pensar melhor em quadra - no que mudar. Antes, esse tipo de coisa não era clara pra mim. Isso é parte do trabalho que temos feito, de controlar minhas emoções e focar em encontrar soluções".

A polonesa, que havia reclamado um pouco da diferença de sua pré-temporada para o início do ano, foi perguntada sobre onde e como fez o período de preparação para 2022 e surpreendeu: "Eu fiz toda a pré-temporada na Polônia, porque eu precisava finalizar algumas coisas lá, como tirar minha carteira de motorista. Foi apenas um mês, não foi muita coisa, já que o [WTA] Finals foi meio tarde no calendário [2021]. Mas eu estou feliz de ter estado lá no Natal e não pensar muito sobre torneios. Se eu tivesse viajado para algum lugar, eu estaria pensando nisso, em me preparar para os torneios. Estar em casa tornou as coisas melhores".

banner
banner