X

Torneio de Campos do Jordão marca retorno do tênis internacional

Quarta, 12 de janeiro 2022 às 15:44:46 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

A cidade de Campos do Jordão, que já foi sede de grandes torneios profissionais de tênis, voltará a ser notícia nos meios esportivos internacionais a partir de 2022, quando acontece o IPG OPEN 2022 FUTURE, apresentado pelo Banco BV, no período de 29 de janeiro a 06 de fevereiro, no tradicional Campos do Jordão Tênis Clube. O evento tem como apoiadores o Grupo GPS, EGA Solutions e Wilson.



O torneio receberá jogadores brasileiros e estrangeiros e contará pontos para o ranking mundial da ATP - Association of Tennis Professional, com premiação de 25 mil dólares.  

 

A chave principal será de 32 jogadores. Nos dias 29 e 30 será disputado o qualifying que classifica oito jogadores para a chave principal disputada de 31 de janeiro a 06 de fevereiro. Serão concedidos ainda quatro wild cards para tenistas brasileiros, tanto no qualifying como na chave principal.

 

É o primeiro torneio Profissional organizado pelo Instituto Próxima Geração, organização idealizada pelo ex-tenista profissional Mauro Menezes e Douglas Santana, abrindo novos caminhos para o tênis brasileiro. Campos do Jordão é a primeira etapa, mas o Instituto pretende realizar um Circuito Profissional durante o ano de 2022, em outras cidades do país.

 

Mauro tem muita experiência em torneios profissionais. Ele viajou pelo mundo e faz parte da época de ouro do tênis no país, iniciada a partir de 1980, conquistando inúmeros títulos profissionais e integrando com sucesso, por longos anos, a equipe do Brasil na Copa Davis. Jogou praticamente todos os torneios de Campos do Jordão.

 

Há três anos ele idealizou o Instituto Próxima Geração, que fundou na cidade de Osasco, no Parque dos Príncipes, em quadras cobertas, que atende 120 crianças, e sentiu que precisava dar um futuro ainda melhor ao tênis.

 

"Decidimos organizar os torneios profissionais no Brasil após concluirmos que os nossos tenistas infanto juvenis sempre têm grande destaque no circuito ITF abaixo de 18 anos, porém esse mesmo sucesso não se repete no profissional, um dos principais motivos é justamente a falta de torneios nas categorias iniciais (FUTURE). Jogar de imediato no exterior é extremamente caro, e muitos acabam desistindo. Agora eles terão a oportunidade de jogar torneios em casa e conseguir marcar os primeiros pontos no ranking mundial, o que lhes permitirá entrar futuramente em torneios no exterior. É a contribuição que queremos dar ao tênis brasileiro, depois de tantos anos militando no esporte. Temos certeza de que logo teremos mais jogadores de expressão viajando pelo mundo", explica Mauro Menezes.

 

Mauro jogou praticamente todos os torneios internacionais realizados no passado em Campos do Jordão, e decidiu iniciar pela cidade pela facilidade de locomoção para os jogadores, e dispor de um clube de qualidade, como o Campos do Jordão Tênis Clube. “Escolhemos Campos do Jordão pelas boas recordações que temos e pela gentil acolhida que sempre tivemos do clube e dos habitantes desta cidade", finaliza Mauro.

banner
banner