X

Tsitsipas coloca em dúvida participação no Australian Open

Segunda, 03 de janeiro 2022 às 12:17:10 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O tenista grego Stefanos Tsitsipas, número quatro do mundo, colocou em dúvida sua participação no Australian Open. Ele disse ainda sentir dores no cotovelo após seu primeiro jogo de simples na temporada.



Leia Mais:

Tsitsipas é derrotado de virada em seu primeiro jogo de simples no ano

Tsitsipas perdeu do argentino Diego Schwartzman, 13º colocado, por 6/7 (7/5) 6/3 6/3 nesta segunda-feira. O tenista vinha de cirurgia no fim do ano passado no cotovelo: "Tenho um pouco de dor. É normal. Hoje dei mais saques do que em todo o último mês. Em torno de 180 saques hoje, acredito. Estive treinando,algo como 50 a 60 saques, hoje fui muito longe. Senti cansaço no final, mas bem, tentei evitar a dor. Tinha que terminar o jogo como fosse. A verdade é que meu saque não esteve no nível desejado. Os percentuais não foram nada bons. Os vi mais tarde, mas é que fui incapaz de servir melhor. Não gosto de dar desculpas, mas não estava 100% para sacar como gostaria enquanto o jogo foi avançando. Desejo de todo coração me esquivar da dor, isso teria me ajudado muitíssimo".

A Grécia já foi eliminada da ATP Cup, mas terá ainda mais um duelo contra a Geórgia na quarta-feira. O Australian Open começa dia 17 e Tsitsipas não confirma ainda sua presença: "Não sei quais são meus planos do futuro. Não tenho certeza. Adoraria jogar, mas realmente não sei como me sentirei amanhã. Essa era uma de minhas maiores preocupações para jogar hoje e como será minha recuperação amanhã. Esse foi o problema de jogar duplas no outro dia, terminei e no dia seguinte não podia sacar. Não podia. Sentia muitíssima dor. Assim que simplesmente espero poder treinar sem dor amanhã. Esse é meu maior objetivo agora mesmo. Ter uma recuperação 100%. Fiz muitas coisas nas últimas semanas para protegê-lo e estar no 100% de novo. Estou focado em minha saúde e bem-estar mais que nada agora mesmo".

Ele foi questionado de novo sobre o risco de não jogar em Melbourne e seguiu: "Quantos dias temos ? Duas semanas ? Creio que seja suficiente. Nunca estive em uma situação assim então não sei. É minha primeira vez lidando com algo desse tipo".

banner
banner