X

O perfil do novo técnico no tênis

Quarta, 02 de dezembro 2020 às 08:37:20 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Por Leandro Afini - Hoje em dia, não só no Brasil, mas ao redor do mundo percebemos que está havendo uma mudança no perfil, ou seja, no conjunto de características e habilidades que um profissional que se propõe a trabalhar com tênis (seja ele competitivo ou social) precisa ter.



Veja as demais colunas de Leandro Afini

 

“Treinar um jogador, significa ensinar, exercitar e ajudar os jogadores a aprender habilidades relacionadas ao tênis, a melhorar seu rendimento e alcançar seu potencial. Mas também requer reconhecimento, compreensão e atenção de suas necessidades sociais emocionais e pessoais”(Martens, 1981; 1987).
Essa definição, que na minha opinião é uma das mais completas, nos mostra que o papel do treinador hoje é bem mais abrangente e extrapola os limites da quadra de tênis, principalmente quando trabalhamos com crianças e jovens.
O técnico hoje antes de qualquer coisa tem que responder a quatro perguntas que irão acompanhá-lo durante toda sua carreira:
“Qual a minha motivação para trabalhar como técnico de tênis ?"
“Quais são meus pontos fortes e fracos como técnico?”
“Qual é meu grau de dedicação e entrega a profissão?”
“Quais objetivos quero alcançar como técnico de tênis?”
A última questão é uma das mais importantes, pois é onde este profissional vai definir se vai construir sua carreira trabalhando com tênis social ou competitivo.
Segundo a ITF, a Federação Internacional de Tênis, o treinador possui distintos papéis a desempenhar durante sua carreira como técnico de tênis:
- Instrutor: dirigindo as atividades de seus alunos/jogadores;
- Professor: compartilhando conhecimentos e idéias novas;
- Motivador: proporcionando um enfoque positivo e de alta qualidade ao jogador;
- Educador: estabelecendo prêmios e sanções apropriados;
- Diretor: dirigindo e guiando os jogadores durante sua “carreira” no esporte;
- Administrador: planejando treinamentos com organização e eficácia;
- Agente de Publicidade / Comunicação: servindo de elo entre os meios de informação e o público em geral;
- Assistente Social: aconselhando, assessorando e dando apoio a seus jogadores, principalmente em momentos difíceis;
- Amigo: estabelecendo um bom relacionamento com o jogador;
- Analista: analisando, avaliando e tirando conclusões a respeito do esporte e de seu jogador;
- Estudioso: escutando, aprendendo, refletindo e buscando continuamente formas de melhorar e superar-se.

O objetivo de todo treinador deve ser combinar todos estes papéis durante sua carreira. Nós técnicos temos que nos perguntar constantemente qual ou quais destes papéis necessitam de aprimoramento e, quando detectarmos isto procurarmos soluções para os mesmos.
A pergunta que eu deixo aqui e que cada professor ou técnico deve fazer a si mesmo é:
Eu estou preparado para desempenhar estes papéis em minha carreira ?

 

 

 

Sobre Leandro Afini

 

Leandro Afini é treinador Nível 3 da Federação Internacional de Tênis, Coach na Grand Slam Development Found / ITF,
Membro do Comitê Nacional Infanto Juvenil e de Transição da Confederação Brasileira de Tênis e trabalhou com vários tenistas brasileiros e estrangeiros, juvenis e profissionais.

banner
banner