X

Solto sob fiança, Becker encara nova acusação na justiça inglesa

Quinta, 22 de outubro 2020 às 08:25:00 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O alemão ex-número 1, Boris Becker, precisou se apresentar a um tribunal hoje em Londres, na Inglaterra, após ser acusado de não entregar dois dos seus troféus de Wimbledon que iriam a leilão para pagar parte de sua dívida.



Becker foi declarado falido pela justiça inglesa em 2017 e desde então tem enfrentado uma série de ações na justiça inglesa movida por seus credores. A nova ação acusa o ex-tenista de não cumprir a determinação de entregar seus dois troféus de Wimbledon (1985 e 1989) e dois troféus do Australian Open (1991 e 1996) para serem leiloados para arrecadarem valores para o pagamento de dívidas.

Esta é a 28ª acusação contra o alemão a justiça inglesa. Ao se apresentar à justiça, Becker se declarou inocente da acusação e de ter escondido cerca de 1 milhão de libras (cerca de R$ 7,3 milhões) em contas bancárias.

Calcula-se que o troféu de 1985 de Wimbledon é o mais valioso entre os troféus, já que Becker tinha 17 anos e é o mais jovem da história a conquistar o torneio.

De acordo com a reportagem da agência de notícias Associated Press, Becker foi informado que seu julgamento está agendado para setembro de 2021. O alemão, que tem residência oficial em Londres, permanece solto sob pagamento de fiança. Se considerado culpado, Becker pode pegar anos de prisão informa a AP.

"Ele está determinado a enfrentar e contestar essas acusações e restaurar sua reputação em relação às acusações feitas contra ele”, disse Jonathan Caplan, advogado de Becker, à agência.

banner
banner