X

NA RAÇA! Thiem consegue virada inédita contra Zverev e conquista o US Open

Domingo, 13 de setembro 2020 às 21:23:41 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O dia parecia que não seria de Dominic Thiem. O número três do mundo começou muito mal, com dois sets a zero abaixo, mas conseguiu uma virada histórica em finais do US Open e conquistou, neste domingo, seu primeiro título de Grand Slam, em Nova York.



Leia Mais:

Zverev se frustra: 'Em algum momento serei campeão de Slam'

Tinha que ser assim, amei como foi, vibra Thiem

 

Jogando na mítica quadra Arthur Ashe, a maior do mundo, vazia por conta da pandemia do COVID-19, o austríaco marcou 3 sets a 2 com parciais de 2/6 4/6 6/4 6/3 7/6 (8/6) após 4h01min de duração.
Depois de três finais perdidas em Roland Garros 2018 e 2019 (para Rafael Nadal) e no Australian Open deste ano em cinco sets para Novak Djokovic, o austríaco ergue seu primeiro Major na carreira e se torna o primeiro do país a vencer o Slam americano.
Ele se torna o mais novo campeão de Grand Slam em seis anos desde Marin Cilic que venceu o US Open de 2014. Já Zverev disputou sua primeira decisão e amarga o vice-campeonato. 

O jogo

Zverev começou firme no saque, solto nos golpes de fundo, pressionando o austríaco a cometer erros. Conseguiu duas quebras e com surpreendente facilidade fez 6/2. O segundo set seguiu igual, Thiem cometia duplas-faltas, dava bolas curtas e errava outras fáceis. Nem a esquerda, seu melhor golpe, estava calibrada. Zverev abriu 5/1, deu uma vacilada com duplas-faltas, permitiu que Dominic encostasse, mas fechou por 6/4.No terceiro a apatia seguiu nos primeiros games, Zverev teve 2/1 e saque, mas após longo game Dominic devolveu a quebra e virou para 3/2 e aproveitou erros de Zverev para fechar o set com quebra em 6/4.O jogo ficou igual no quarto set com os dois confirmando e Thiem subindo de nível mesmo com a qualidade do jogo caindo. No 4/3 novo game longo e Zverev deu dupla-falta e erro bobo na direita para ser quebrado. Thiem sacou bem e fechou por 6/3. No quinto set começo bem nervoso com uma quebra para cada lado, algumas decisões errada dos jogadores. Eles seguiram iguais até Zverev colocar pressão e conseguir a quebra para sacar para o título em 5/3. Só que o alemão se apressou, Thiem foi firme e virou para 6/5 e saque, mas Zverev uniu forças para devolver a quebra e levar ao tie-break decisivo da partida. Thiem passou a mancar, sentir o pé, Zverev abriu 2 a 1 e saque, mas deu duas duplas-faltas e Thiem aproveitou para fechar por 7/6 (8/6) com erro de zverev. Thiem foi ao solo e vibrou com a façanha!

banner
banner