X

Retomada do tênis deve trazer redução aos valores de premiação

Sexta, 05 de junho 2020 às 14:44:22 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

O site de notícias russo Kommersant publicou uma reportagem na qual afirma que a ATP apresentou ao Conselho dos Jogadores um estudo para a redução dos valores entre 30 e 50% das premiações dos torneios na retomada do calendário.



O veículo afirma que a Associação do Tenistas Profissionais (ATP) solicitou a uma empresa de consultoria uma análise financeira dela e de seus torneios e o resultado desta análise de levar a uma queda de até 50% dos valores ganhos pelos tenistas.

As projeções financeiras foram feitas com base no possível faturamento dos torneios que vierem a acontecer, levando em consideração dois cenários: a de estádios com um número limitado de torcedores (de acordo com os novos padrões sanitários, a participação permitida nos torneios pode ser reduzida em cinco vezes) ou sua completa ausência (ou seja, portões fechados).

Os consultores veem como muito difícil os torneios angariarem fundos para sua realização e apesar das fontes reduzidas de ganhos, gastos não poderão ser reduzidos na mesma proporção. Boa parte dos gastos administrativos de um torneio está ligada aos gastos para o bem estar dos tenistas, como sala de jogadores, alimentação, treinamento e demais fornecimentos para treinos e jogos. Os consultores apontam uma possível redução de 25% nos gastos com material de marketing e 'lembrancinhas' feitas pelos torneios, caso o público não seja autorizado. 

Apesar de algumas reduções, os torneios ganharão um novo gasto, o da compra de testes em número suficiente para profissionais do tênis e administrativos do torneio.

Uma fonte do Kommersant afirmou que um plano com a redução entre 30 e 50% dos ganhos nos torneios já foi submetida para estudo do Conselho dos Jogadores, que ser reunião com o CEO da ATP, Andrea Gaudenzi em 10 de junho. Na reunião, Gaudenzi apresentará um projeto de retomada do circuito profissional já em 1º de agosto, respeitando as 6 semanas de prazo, como adiantado pelo Tênis News semana passada.

 

banner
banner