X

Roddick: 'Vamos ver se Djokovic perderá um Grand Slam por não se vacinar'

Terça, 21 de abril 2020 às 09:43:05 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em entrevista ao Tennis Channel, o ex-número 1 do mundo Andy Roddick questionou as declarações do sérvio Novak Djokovic que se disse contra uma vacina para o coronavírus.



Leia Mais:

Djokovic sobre vacina: 'Escolho o que é melhor pro meu corpo'

 

O sérvio foi questionado se tomaria vacina se pfosse obrigado para jogar o circuito e disse que iria ver.

"Não tenho que estar de acordo com o sistema de crenças de alguém, mesmo que respeite. A conclusão não é se ele acredita ou não nas vacinas e sim por ser o mais seguro para que o tênis possa voltar a ser jogado em um cenário global. E isso vai ser com testes e vacinas que nos permitam voltar ao que conhecemos como normal. Não tenho que estar de acordo com sua postura. Ele sabe que terá que tomar uma decisãi. Terei curiosidade por ver quão profunda são suas crenças nesse tema e se vai desistir dos Grand Slams porque não quer se vacinar".

Roddick, que foi campeão do US Open de 2003 e tem vice-campeonatos em Wimbledon no currículo, comentou sobre o pacote de resgate proposto pelos jogadores liderados por Djokovic, Rafael Nadal e Roger Federer.

"As melhores ideias serão mais fortes quando definidas pelos líderes do nosso esportes, seja dentro ou fora das quadras. Novak, Roger e Rafa sempre o fizeram. Quero ver até onde irão as ajudas dos Grand Slams. Representam 81% do tênis,devem aportar uma grande proposta".

"Estive enviando mensagens de texto a Roger há uns dois dias depois de ter lido a proposta. Que se baseie na classificação do ranking é excelente, mas talvez poderia ter um critério diferente. Uma melhor maneira de equilibrar os aportes. Por exemplo, alguém comoMurray estaria pagando como um top 5. Por outro lado espero que hajamovimento de ex-jogadores para se envolverem".

banner
banner