X

Nadal controla Federer e vai à 12ª final em Roland Garros

Sexta, 07 de junho 2019 às 10:31:31 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Depois de cinco derrotas seguidas, Rafael Nadal, número dois do mundo, voltou a sorrir no clássico diante de Roger Federer, terceiro colocado, e carimbou seu passaporte, nesta sexta-feira, para sua 12ª decisão de Roland Garros.



O natural de Manacor controlou o ímpeto ofensivo de Federer e o forte vento e leve chuva de Paris para marcar 3 sets a 0 com parciais de 6/3 6/4 6/2 após 2h24min de duração na quadra Philippe Chatrier.

Nadal não vencia Federer desde 2014 e acumulava todas suas últimas cinco derrotas em 2017. Ele bate o suíço pela sexta vez no saibro parisiense onde o derrotou na semi de 2005 e finais de 2006, 2007, 2008 e 2011. No total são 24 vitórias do espanhol em 39 jogos.

O espanhol vai em busca de seu 12º troféu no Aberto da França em sua 12ª final. Ele levou os canecos entre 2005 e 2008 depois de 2010 até 2014 e 2017 e 2018. 

Na decisão deste domingo enfrenta o vencedor de Novak Djokovic, campeão de 2016 e primeiro do mundo, ou Dominic Thiem, quarto. Nadal vai tentar seu 82º troféu na carreira, 59º no piso lento. Ele jogará sua 119ª decisão na vida.

 

O Jogo

Nadal começou a partida em grande forma, arrancando a quebra já no segundo game e abrindo 2/0. O suíço, por sua vez, correu atrás lutando contra o espanhol e contra o vento e devolveu a quebra no quinto game, reduzindo para 3/2. No game seguinte, Nadal teve seis chances de quebra, convertendo apenas a última e voltando para a liderança. Com a vantagem administrada, fechou o primeiro set em 6/3.

Novamente, no segundo set, o espanhol conseguiu uma quebra no segundo game da parcial, mas acabou quebrado em seguida.  O equilíbrio se manteve até o nono game, quando espanhol conseguiu chegar a um break-point e aproveitou, sacando em seguida para fechar a parcial por 6/4.

Com a vantagem em mãos, Nadal chegou a ter uma chance de quebra já no primeiro game do terceiro set, mas a bola ficou na rede. A quebra acabou vindo no terceiro game e permitiu que o espanhol abrisse 2/1 no marcador. No quinto game, o espanhol voltou a ter uma quebra de saque após uma deixada impecável seguida de uma passada na paralela.  O suíço ainda confirmou seu serviço mais uma vez no sexto game e, em seguida, o espanhol confirmou e fechou em 6/2.

banner
banner