X

Federer bate Wawrinka e vai à semi de Roland Garros pela 1ª vez em 7 anos

Terça, 04 de junho 2019 às 14:14:43 AMT

Link Curto:

Tênis Profissional

Em um jogo difícil como já era esperado, Roger Federer levou a melhor no clássico suíço diante de Stan Wawrinka, 28º colocado, para garantir vaga na semifinal de Roland Garros onde irá enfrentar Rafael Nadal no maior duelo do tênis mundial.



O natural da Basileia precisou de 3h42min para superar o ex-top 3 por 3 sets a 1 com parciais de 7/6 (7/4) 4/6 7/6(7/5) 6/4 na lotada quadra Suzanne Lenglen, a segunda principal em Paris.

 

Foi a revanche de Federer que tinha perdido justo nas quartas justo na última participação dele no Aberto da França em 2015. Naquele ano Stan levou o título.

 

Federer vence Wawrinka pela 23ª vez em 26 partidas e garante vaga em sua primeira semifinal no torneio em sete anos. Em2014 ele perdeunas oitavas de final e 2013 nas quartas de final. Campeão de 2009, Federer foi finalista em 2011, 2008, 2007 e 2006 perdendo todas para Rafael Nadal. Em 2005 ele perdeu também para Nadal na semifinal, confronto que irá se repetir na sexta-feira. Nadal derrotou o japonês Kei Nishikori por 6/1 6/1 6/x nas quartas de final. No total são 23 vitórias de Nadal e 15 de Federer.

 

O jogo

O duelo foi muito pegado desde o início e Federer teve quatro chances de quebra e não aproveitou. No tie-break o suíço foi mais firme e levou a melhor por 7/6(7/4).

Federer voltou mais lento para o segundo set,cometendo erros e Stan conseguiu a quebra para abrir 3/1. Roger teve três oportunidades para devolver a desvantagem em games longos, mas Wawrinka sustentou o serviço e empatou o confronto.  

Wawrinka abriu uma quebra em 4/3 no terceiro set e vinha firme, mas  cometeu erros, Federer pressionou e com bola fora de Stan virou o jogo. No tie-break, Roger marcou 5/1, viu Stan seaproximar com passada e bons saques, mas um saque e voleio no segundo serviço surpreendeu o adversário para fechar por 7/6 (7/5) com 1h09min de parcial.

No quarto set jogo seguiu equilibrado, Federer perdeu a 15ª chance de quebra no quinto game, Stan confirmou e logo que Federer empatou em 3/3 o árbitro geral entrou em quadra e suspendeu o jogo pela chegada de uma tempestade.

Após o retorno da partida, Federer conseguiu crescer e converteu a quebra no nono game da quarta parcial. Apesar de sacar com a vantagem, o número 3 do ranking precisou de três match-points para finalizar o set em 6/4 e liquidar a partida.

banner
banner